Abacate engorda? Saiba como ele vai te emagrecer.

Abacate engorda? Saiba como ele vai te emagrecer.

5 de fevereiro de 2016

Muitas pessoas deixam de fora do cardápio o abacate, quando estão controlando o seu peso. No entanto, é verdade que abacate engorda?

Na realidade, essa fruta é sim uma opção calórica, mas ao mesmo tempo muito saudável e por isso não deve ser esquecida, até porque a sua gordura é uma das mais saudáveis.

Para se ter uma ideia, o abacate está ao lado do azeite de oliva, quando se fala em fontes saudáveis de lipídios.

banner método emagrecimento fácil
Neste artigo, você vai descobrir:

1- Os nutrientes do abacate

2- Por que as gorduras do abacate são boas para você

3- Por que essas mesmas gorduras ajudam você a emagrecer

4- Por que o óleo vindo do abacate é bom para cozinhar

5- Qual o erro que faz toda a diferença se abacate engorda ou emagrece

6- Por que a sua vitamina de abacate ou o seu guacamole não está te emagrecendo

banner método emagrecimento fácil

7- A regra básica que fará a diferença no consumo de abacate para emagrecer

 

Além disso, um fator que explica essa fama “engordativa” do abacate, é o fato de que muitas pessoas o misturam com açúcar, pois é assim que se tem o costume de ingeri-los em muitas regiões brasileiras.

No entanto, o abacate pode ser consumido em receitas salgadas, bem como junto a saladas.

Nutrientes contidos no abacate.

Para início de conversa, é um ótimo lanche entre as refeições, pois é bastante nutritivo, possuindo em torno de 20 minerais e vitaminas diferentes.

O abacate é fonte principalmente de potássio e das vitaminas K, C, E, B5 e B6, além de contar com magnésio, manganês, cobre, ferro, zinco, fósforo, vitamina A, B1, B2 e B3.

Por outro lado, o abacate está isento de sódio e colesterol e mesmo de gordura saturada.

Entre tantas vantagens, vale destacar que a quantidade de potássio que o abacate possui é até maior do que na banana, sendo esse mineral muito importante, mas nem sempre consumido o suficiente pelas pessoas.

Os benefícios do potássio e, por consequência do abacate, estão associados à diminuição da pressão arterial, o que por sua vez reduz os casos de derrames, ataques cardíacos e insuficiência renal.

Mais benefícios do abacate (mesmo para uma dieta de emagrecimento).

abacate engorda

Quando se fala em gorduras, ainda hoje, as pessoas erroneamente as associam a aspectos negativos de um alimento, mas mesmo os lipídios são fundamentais para o bom funcionamento do organismo.

Também é importante entender a diferenças de um tipo de gordura para outro.

O abacate, por exemplo, é rico em ácidos graxos monoinsaturados.

Isso quer dizer que é uma fruta fonte de gorduras, sendo que 77% de suas calorias vêm dos lipídios.

No entanto, essa gordura é o ácido oleico, que se trata de um ácido graxo monoinsaturado que também é o principal componente do azeite de oliva.

Entre as suas principais vantagens está a diminuição de inflamações e mesmo de casos de câncer.

Inclusive o óleo de abacate é uma opção mais saudável para cozinhar, se comparado a outros óleos.

Isso se deve ao fato das gorduras do abacate serem muito mais resistentes à oxidação induzida pelo calor, fazendo com que as suas propriedades não se percam na hora de preparar refeições.

Outro benefício do abacate é comum a muitas outras frutas, mas nem por isso menos importante, que é o seu teor de fibras.

Vale lembrar que elas ajudam na redução de peso, pois é essencial para o trato digestivo, e diminuem os picos de açúcar no sangue.

Além disso, a fruta possui tanto fibras solúveis como insolúveis, sendo que a maior parte delas é do segundo tipo.

Vantagens da ingestão de gorduras do abacate para o organismo.

Nem todo mundo entende como um alimento rico em gorduras pode ser saudável para a saúde.

Não está de todo claro para muitos indivíduos que os lipídios, assim como os carboidratos, proteínas e fibras, devem integrar o cardápio todos os dias, mesmo na dieta de quem busca o emagrecimento.

Para elucidar, vale dizer que consumir abacate diminui os triglicerídeos e o colesterol no sangue, o que é essencial para manter o coração saudável, reduzido o risco de doenças cardíacas. Além disso, a fruta aumenta os níveis de HDL, o chamado bom colesterol.

Nesse sentido, o abacate interfere no bem estar como um todo, sendo que testes em pessoas que consumem a fruta com frequência mostraram que elas têm chances reduzidas de sofrer de síndrome metabólica.

Esse problema se refere a um conjunto de sintomas que são um importante fator de risco para doenças cardíacas e diabetes, o que pode ser evitado com uma ingestão diária de uma maior variedade de nutrientes.

Outro dado, até mesmo curioso, é que a gordura da fruta ajuda o organismo a absorver os nutrientes dos alimentos.

Isso porque a gordura do abacate tem a propriedade de mover os nutrientes pelo sistema digestivo.

Essa facilidade se dá em especial com os nutrientes solúveis em gordura, os quais precisam ser combinados com lipídios.

É o que acontece com as vitaminas A, D, E e K, bem como os antioxidantes, como os carotenoides.

Já os antioxidantes da fruta, entre eles, luteína e zeaxantina, são aliados poderosos na proteção dos olhos, reduzindo significativamente casos de cataratas e degeneração macular, que são comuns em idosos.

 

Mas antes de prosseguirmos... Que tal conhecer um método de emagrecimento totalmente sistematizado e fácil, onde você não precisa abandonar totalmente os alimentos que tanto gosta e acabar de vez com o tal do efeito sanfona, mudando sua vida e saúde para sempre?

Você está a um clique de uma verdadeira revolução na sua vida. Se você precisa perder 10, 20, 30kg ou mais, veio ao lugar certo. E se precisa perder só alguns quilinhos, é mais rápido ainda. Nada de medicações, dietas milagrosas, nada disso. Até porque nada disso é necessário.

E você também vai conhecer 7 alimentos que você provavelmente acha que são emagrecedores, mas que na verdade promovem justamente o efeito contrário.

Clique aqui para saber mais e bem vindo à sua nova vida.

Quanto ao câncer, a fruta ajuda a suavizar os efeitos colaterais da quimioterapia.

Alguns estudos apontam ainda que o extrato do abacate pode impedir crescimento de células de câncer da próstata.

E para finalizar, as gorduras contidas no abacate, assim como as fibras, acabam causando uma sensação de saciedade maior, o que em última análise, fará você comer menos no longo prazo.

Lembrando que para obter o máximo desses benefícios, é importante evitar o consumo do abacate com açúcar e outros carboidratos, pois desta forma você acaba garantindo que as gorduras acabarão é na sua barriga.

Abacate engorda ou emagrece, afinal?

A resposta é depende.

Além de todos os benefícios citados anteriormente, é preciso levar em consideração a questão da saciedade.

As gorduras do abacate contribuem para que seu organismo manifeste sinais de saciedade após a ingestão.

Mais saciado, você tende a comer menos, no volume total.

E aí o resultado é óbvio.

Mas há um porém.

E para entender isso, precisamos saber quem é o responsável pelo acúmulo de gordura no organismo.

E o vilão atende pelo nome de insulina, hormônio produzido pelo pâncreas em resposta à elevação da glicose no sangue.

Grosso modo, se a insulina está sempre elevada, ela dispara o sinal para o organismo armazenar a gordura circulante, o que vai incluir a do abacate.

Nesse caso, abacate engorda.

E você vai me perguntar como isso acontece na prática?

Alguns exemplos:

1- Vitamina de abacate: Se você prepara uma bela vitamina de abacate com leite e açúcar, desculpe, mas está jogando contra. Esse açúcar vai disparar a insulina, e a gordura do abacate vai direto para seus pneuzinhos. Desse jeito, uma vitamina de abacate engorda sim.

2- Pão com guacamole: Então você preparou aquele guacamole maravilhoso, abacate, tomate, limão e passa tudo numa fatia de pão (ou até mergulha seus nachos nele). De novo, jogou contra. O pão ou os nachos contém carboidratos o suficiente para jogar a insulina lá pro alto, e aí já viu.

Como você pode perceber, misturar abacate com carboidratos é dar um tiro no pé.

Isso porque sequer falamos de outro efeito colateral da insulina: ela meio que prende as fontes de energia dentro das células.

Com isso, os triglicerídeos não circulam livremente, e seu organismo vai interpretar isso como FOME.

E aí nem o pobre abacate com seu poder de saciedade vai te ajudar.

Resumindo: Abacate + carboidratos = abacate engorda!

E como reverter isso?

A equação é simples também:

Abacate – carboidratos = abacate emagrece!

Porque você retira o estímulo insulinêmico, e aí todos os efeitos atribuídos ao abacate estão sem barreiras para acontecer.


 

Referências:

1- Avocado consumption is associated with better diet quality and nutrient intake, and lower metabolic syndrome risk in US adults: results from the National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES) 2001–2008

2- Effect of a moderate fat diet with and without avocados on lipoprotein particle number, size and subclasses in overweight and obese adults: a randomized, controlled trial.

3- Effects of avocado as a source of monounsaturated fatty acids on plasma lipid levels.

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

Dê a sua opinião sobre emagrecimento e dietas.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como perder barriga rápido: agora vai! - […] preferência a gorduras saudáveis, como as monoinsaturadas, encontradas em frutos secos, azeite, abacate e outros. Essas gorduras têm a…

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *