Alimentos que aceleram o metabolismo: 13 opções rumo à velocidade máxima!

Alimentos que aceleram o metabolismo: 13 opções rumo à velocidade máxima!

4 de Fevereiro de 2016

Os alimentos que aceleram o metabolismo são grandes aliados da perda de peso, pois estimulam o corpo a gastar mais calorias.

Embora o metabolismo seja parcialmente governado pela genética, é possível estimulá-lo naturalmente com as opções a seguir.

Neste artigo, você vai descobrir:

banner método emagrecimento fácil

1- Por que tomar a atitude de consumir alimentos que aceleram o metabolismo sem mudar outros maus hábitos não vai te levar a lugar algum

2- Mas por que quando você associa o consumo de alimentos que aceleram o metabolismo com novos hábitos emagrecedores, você chegará mais rápido onde quer

3- 13 alimentos que vão turbinar seu metabolismo

4- Dicas de como adicionar vários deles na sua dieta

5- Por que você provavelmente está sub aproveitando o seu brócolis

6- Uma idéia sobre pimentas que vai dar mais sabor ao azeite que você usa

7- As dicas adicionais para otimizar o uso dos alimentos que aceleram o metabolismo

No entanto, cabe um alerta, antes que você corra para o supermercado e encha seu carrinho de compras com esses alimentos.

banner método emagrecimento fácil

Infelizmente ainda tem muita gente que acredita na pílula mágica milagrosa salvadora, que vai resolver todos os seus problemas sem você precisar tirar o bumbum do sofá.

Você se tornou acima do peso ou com o metabolismo lento por uma conjunção de inúmeros fatores, e também por inúmeros erros alimentares.

Investir nos alimentos que aceleram o metabolismo é um fator que certamente vai lhe ajudar a reverter o quadro.

Porém de nada vai adiantar se você não atacar os outros fatores que tornam seu metabolismo mais lento, por exemplo, o sedentarismo.

E o que mais me espanta é ver que a situação que vou descrever agora é comum:

– A pessoa descobre que gengibre (por exemplo) acelera o metabolismo.

– Ela começa a consumir gengibre. E só. Não muda nada além disso, ou muda pouca coisa.

– Os resultados não aparecem, por motivos óbvios. Uma andorinha só não faz verão!

– Ela chega à “brilhante” conclusão que gengibre não acelera o metabolismo droga nenhuma, simplesmente não funcionou.

Ah, o ser humano e sua maravilhosa tendência a botar a culpa em tudo, menos nele próprio!

Então, após o recado aqui ser dado, podemos passar à lista dos alimentos que aceleram o metabolismo.

Novamente, não são milagrosos, mas combinados com outros fatores clássicos como reeducação alimentar e prática de determinadas atividades físicas, eles podem sim fazer você chegar mais rápido onde quer.

E então é só alegria.

Já pensou poder comer mais sem engordar ou caso engorde (por exemplo, festas de fim de ano), engorda menos e é fácil perder esse peso?

Pois é!

13 Tipos de alimentos que aceleram o metabolismo.

alimentos que aceleram o metabolismo: chá verde

Chá verde é um dos alimentos que aceleram o metabolismo. Confira a lista abaixo.

1 – Pimentas: caiena, malagueta, do reino e outros tipos de pimentas picantes podem impulsionar diretamente o metabolismo e a circulação sanguínea.

A substância capsaicina é a responsável pelo calor comum de sentir depois de comer pimenta e a que permite ao metabolismo aumentar em até 25% durante até três horas.

A capsaicina é um excelente termogênico, e quanto mais ardida a pimenta, melhor ela é. Estudos mostraram que comer pimenta antes de uma refeição ajuda a diminuir a fome e diminui a quantidade de comida que você tende a comer, e os benefícios disso são óbvios.

Uma outra forma prática de adicionar os benefícios da pimenta no seu dia a dia, é fazer um azeite aromático, bastando para isso adicionar a qualidade de pimenta que quiser ou uma variedade delas, ervas frescas, alho, etc. Seu azeite ficará personalizado, delicioso e funcional.

2 – Grãos integrais: arroz integral, quinoa e aveia são alguns exemplos de carboidratos complexos que, além de serem extremamente saudáveis devido ao seu valor nutritivo, são também responsáveis pelo aumento do metabolismo.

Outro benefício é que estabilizam os níveis de insulina e oferecem energia de longa duração, sem os picos associados com outros alimentos ricos em açúcar.

O seu corpo gasta quase o dobro da energia para digerir alimentos integrais (principalmente os ricos em fibras) do que gastaria com alimentos refinados (como arroz branco, farinha de trigo branca, açúcar branco, …).

Além disso, as fibras causam maior saciedade ao organismo diminuindo a sua fome entre as refeições.

 

3 – Clara do ovo: embora o ovo inteiro seja saudável, é a clara que pode estimular o metabolismo, uma vez que é rica em aminoácidos de cadeia ramificada, os quais são fonte energética para os músculos.

Além disso, os ovos são carregados com proteína e vitamina D.

Entre as vitaminas presentes na clara do ovo, que não são muitas, a que mais se destaca é a Riboflavina, também chamada de Vitamina B2, que participa do metabolismo energético e é de extrema importância para a saúde dos olhos, pele, cabelos e boca.

Caso haja uma deficiência dessa vitamina no corpo, podem ocorrer aftas, inflamações gengivais, entre outros sintomas, além do metabolismo energético ser prejudicado.

Quando consumida sozinha, boas opções são: cozida, pochê, grelhada ou mesmo frita.

Entretanto, jamais deve-se consumir a clara de ovo crua, pois isso certamente acarretará prejuízos para a saúde, como a salmonelose.

 

Mas antes de prosseguirmos... Que tal conhecer um método de emagrecimento totalmente sistematizado e fácil, onde você não precisa abandonar totalmente os alimentos que tanto gosta e acabar de vez com o tal do efeito sanfona, mudando sua vida e saúde para sempre?

Você está a um clique de uma verdadeira revolução na sua vida. Se você precisa perder 10, 20, 30kg ou mais, veio ao lugar certo. E se precisa perder só alguns quilinhos, é mais rápido ainda. Nada de medicações, dietas milagrosas, nada disso. Até porque nada disso é necessário.

E você também vai conhecer 7 alimentos que você provavelmente acha que são emagrecedores, mas que na verdade promovem justamente o efeito contrário.

Clique aqui para saber mais e bem vindo à sua nova vida.

Além disso, ela possui fatores antinutricionais quando crua, o que reduzirão sua eficácia e a absorção de outras vitaminas e proteínas.

 

4 – Brócolis: ricos em cálcio, esses alimentos são fonte também de vitaminas C, K e A.

Uma porção de brócolis fornece abundância de ácido fólico e fibra alimentar, além de uma variedade de antioxidantes.

O legume é ainda um dos melhores alimentos de desintoxicação para adicionar à dieta.

As pessoas que incluem brócolis em sua dieta costumam comer somente suas flores, jogando no lixo as folhas e os talos.

O que a maioria não conhece, é que é justamente nessas partes do brócolis onde se concentram uma grande quantidade de nutrientes que deveriam ser aproveitados.

Por exemplo, os talos dos brócolis contêm uma importante quantidade de fibra, que de fato, supera a que as flores têm.

O sabor dos talos do brócolis é ligeiramente doce e muito delicioso.

Podem ser consumidos retirando sua capa exterior e cortando-os em partes.

Para sua correta preparação devem ser cozidos antes que as flores, já que demoram uns minutos a mais em ficarem prontos.

 

5 – Lentilha: entre os seus benefícios, esse alimento é rico em ferro, nutriente que é fundamental para o bom funcionamento do organismo como um todo.

Sem ele, não é possível queimar calorias de forma eficiente. Por isso, é outro aliado que acelera o metabolismo.

Diferentemente da maioria dos grãos secos, as lentilhas não precisam ficar de molho em água e cozinham em pouco tempo.

O tempo de cozimento vai depender dos seus planos para os grãos (assim como o tempo de existência deles).

Para a maior parte das variedades, pode levar menos de 20 minutos.

Para usar em saladas, quando é preciso manter o tamanho, comece testando o tempo de cozimento em 18 minutos e escorra assim que ficarem macias, pois se deixá-las na água quente podem virar mingau.

Para sopas e ensopados, cozinhe por mais 10 minutos.

Para fazer purê, por mais tempo ainda.

 

6 – Sopas: elas são deliciosas no inverno, mas também aceleram o metabolismo e queimam gordura, ao mesmo tempo em que oferecem muitos nutrientes e uma ingestão menor de calorias.

7 – Chá Verde: a bebida pode aumentar significativamente o metabolismo, bem como fornecer uma variedade de outros benefícios à saúde.

Entre eles, o chá verde é rico em antioxidantes que combatem os radicais livres, que causam o envelhecimento precoce.

Vários estudos científicos já demonstraram que o chá verde ajuda a diminuir a gordura corporal.

Isso se deve a uma substância chamada epigalocatequina galato (EGCG), que atua estimulando algumas enzimas que são responsáveis por controlar o metabolismo das gorduras.

A EGCG incentiva as enzimas a quebrar as gorduras, assim, o organismo passa a utilizá-las de maneira mais eficaz, o que ajuda a emagrecer, já que as gorduras não ficarão depositadas no tecido adiposo.

8 – Café: segundo pesquisas, a taxa metabólica média de pessoas que bebem café com cafeína é maior se comparada a de pessoas que preferem café descafeinado.

Embora em excesso possa prejudicar o organismo, na medida certa é uma fonte de energia e de antioxidantes.

A cafeína mobiliza a gordura armazenada no corpo e a leva para o sangue para ser usada como fonte de energia.

O problema seria se as pessoas começarem a tomar café em baldes!

O efeito da cafeína na performance dos exercícios deve-se, provavelmente, à diferença na percepção do cansaço, ou seja, ela teria um papel ergogênico no desempenho do exercício alterando a percepção neural do esforço e da disponibilidade física.

A quantidade ideal de consumo de café, saiba que uma série de estudos mostram benefícios em ingerir 2 a 3 xícaras de café por dia, não mais do que isso.

9 – Maçãs e peras: essas frutas ajudam a aumentar o metabolismo e acelerar a perda de peso, sem contar a grande variedade e vitaminas e minerais que possuem.

A pectina é um tipo de fibra solúvel que se liga às substâncias gordurosas no digestivo e promove a sua eliminação.

Isso parece ajudar a reduzir os níveis de colesterol no sangue.

A fibra solúvel também ajuda a regular o uso do açúcar do corpo, o que é importante para fins de aceleração do metabolismo.

Inclusive existem formas de se isolar a pectina de maçãs e peras, e com isso usá-la para preparar outros alimentos.

 

10 – Especiarias: usar temperos como canela, alho, açafrão, tomilho e outros, é uma das melhores maneiras de manter as taxas metabólicas altas.

As especiarias mais picantes são as que agem mais rapidamente no organismo, como a semente de mostarda, cebola em pó e gengibre, além das pimentas.

 

11 – Frutas cítricas: ajudam na queima de gordura, pois estimulam o metabolismo alto.

A explicação pode estar no fato de possuírem alta quantidade de vitamina C, um nutriente que reduz picos de insulina.

12 – Alimentos ricos em cálcio: esse mineral aumenta o metabolismo, por isso, os alimentos que o possuem devem ser ingeridos todos os dias, como é o caso do leite que, além dos demais benefícios, metaboliza a gordura mais eficientemente.

11 – Fontes de ômega-3: alimentos que possuem esse ácido graxo reduzem a produção de um hormônio chamado leptina, uma substância química natural que diminui o metabolismo.

Os peixes são as melhores fontes desse nutriente, além de nozes e sementes, como a linhaça.

12 – Carne magra: é outro alimento rico em ferro e, como a deficiência do mineral pode retardar o metabolismo, deve ser ingerido, inclusive, as opções magras, que são muito saudáveis.

13 – Água: é um impulsionador do metabolismo, sendo que o melhor é consumir a potável, com as vantagens extras de ser ainda um inibidor de apetite natural e desintoxicante.

Além de otimizar as reações químicas do corpo (reações químicas ótimas = metabolismo eficiente), se você beber água gelada, precisará gastar calorias extras (leia-se usar mais energia gerada pelo metabolismo) para aquecer essa água à temperatura do corpo.

Com todas essas opções você pode ver que não é tão difícil tornar suas refeições mais saudáveis né?

Basicamente, elimine as gorduras e alimentos processados e priorize os alimentos em sua forma natural para ter mais saúde e melhorar a forma física.

Lembre-se que essas porcarias são gostosas, mas será que  esse prazer momentâneo compensa a enorme quantidade de dano, inclusive ao metabolismo, que elas certamente causam?

Agora é mãos à obra, incorpore todos esses alimentos que aceleram o metabolismo no seu dia a dia, e você logo começará a perceber os benefícios.


 

Referências:

 

1- Pectin delays gastric emptying and increases satiety in obese subjects.

2- Effects of red pepper on appetite and energy intake.

3- Metabolic response to egg white and cottage cheese protein in normal subjects.

Veja Mais Sobre Como Emagrecer

Seja bem-vindo! Saiba quem somos.   Olá! Gostaríamos de te dar as boas vindas ao site. Esperamos que, aqui, você aprenda e encontre todas as informações de que precisa para cons...
Como perder peso rápido: o pequeno manual infalíve... Conseguir perder peso rápido e registrar na balança um número bem menor é o sonho de consumo de muita gente. Entretanto, é preciso ter em mente que o ...
Como perder barriga rápido: agora vai! Quando se trata de emagrecimento, perder a gordura abdominal é o principal objetivo de quem está tentando perder peso e melhorar a boa forma. Muitas p...
Pão engorda sim (e isso não é tudo). O pão engorda. Isso é fato. Esse alimento é conhecido por todos a um longo tempo, inclusive, o pão branco de grãos refinados que, em geral, não é nutr...

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

Dê a sua opinião sobre emagrecimento e dietas.

Trackbacks/Pingbacks

  1. 7 alimentos termogênicos que ajudam a emagrecer (mais do que comprovados). - […] os alimentos termogênicos é uma ajuda e tanto para quem deseja emagrecer, uma vez que promovem a aceleração do metabolismo…

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *