Alimentos que emagrecem: uma lista que emagrece só de ler

Alimentos que emagrecem: uma lista que emagrece só de ler

26 de novembro de 2015

Buscar alimentos que emagrecem é uma tendência natural de quem tem esse objetivo.

Perder peso no final das contas, nunca vai deixar de ser uma relação matemática: enquanto você ingerir menos calorias do que gasta, você perderá peso.

É um pouco mais complicado que isso se formos analisar a fundo, mas em última análise, se aplica.

banner método emagrecimento fácil

E o que você come certamente tem impacto sobre isso.

Portanto, sempre é bom ter conhecimento  sobre quais alimentos que emagrecem.

Esses alimentos acabam sendo essenciais no seu processo de perda de peso.

Alimentos que emagrecem podem atuar de algumas formas:

Alimentos que emagrecem têm efeito sobre o metabolismo e saciedade.

Aumento do metabolismo, saciedade e gasto de calorias são processos que ajudam a emagrecer.

  1. Acelerando seu metabolismo
  2. Aumentando sua sensação de saciedade, o que faz você comer menos e ficar mais tempo sem comer.
  3. As chamadas “calorias negativas”, ou seja, o alimento tem tão poucas calorias que o processo de digestão gasta mais energia que o próprio alimento em si.

Isto posto, vamos conhecer alguns alimentos que, seja pelo motivo que for, acabam por ajudar você a emagrecer.

Gengibre: Tem a capacidade de aumentar o seu metabolismo, mas não em 20%, como é comum encontrar tal informação.

Os estudos que levaram a esse número foram feitos em animais, e apenas em pedaços de tecidos destes. Em seres vivos, esse montante não passa de 2 a 5%, que é comparável a estimulantes como a cafeína.

Mas não tira o mérito do gengibre como alimento emagrecedor.

banner método emagrecimento fácil

Além de aumentar a perda de gordura, o gengibre ajuda o organismo a sentir-se por mais tempo saciado.

Também está provado que o gengibre funciona como um inibidor de apetite natural, que é a melhor maneira de perder peso.

Inibidores de apetite naturais são seguros e não causam nenhum rebote, o popular efeito sanfona.

O gengibre também suprime o cortisol – hormônio esteroide que regula a energia e sua mobilização.

Ou seja, ele deixa o organismo preparado para situações de perigo, mas também serve para ajudar o organismo a controlar o estresse, reduzir inflamações, bem como auxilia no adequado funcionamento do sistema imunológico.

Também ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue constantes, assim como a pressão arterial.

 

Grãos integrais: São carboidratos que ajudam a estabilizar os seus níveis de insulina.

Quando temos picos de insulina no sangue, em resposta a ingestão de grande quantidade de carboidratos simples, o organismo entende isso como recado para armazenar gordura.

Além disso, os grãos integrais são bastante nutritivos, o que aumenta a saciedade e faz você comer menos.

Entretanto, eles ainda são carboidratos, por mais que seus efeitos sobre a insulina sejam mais suaves. Não vale exagerar ou achar que não engordam e enfiar o pé na jaca.

Chá verde: Já apresentamos o chá verde neste artigo, e sabendo de suas capacidades aceleradoras do metabolismo, ele tem lugar nesta lista.

Além do efeito no metabolismo, o chá verde contém quantidade elevada de polifenóis, que ativam uma enzima que acaba por dissolver os triglicerídeos.

Isso pode ajudar a diminuir o conteúdo gorduroso do corpo, se você beber chá verde regularmente.

Os polifenóis presentes no chá verde também auxiliam a sua performance no exercício.

Isso porque vão estimular suas células musculares e seu fígado a usar mais ácidos graxos, e como resultado, o uso de carboidratos será mais lento (lembrando que, para emagrecer de forma eficiente, é importante reduzir a quantidade e aumentar a qualidade dos carboidratos que você ingere).

Com os carboidratos disponíveis no organismo (na forma de glicogênio), você poderá exercitar-se por um período maior, e com isso queimar ainda mais calorias.

 

Frutas cítricas: Ajudam a queimar calorias, primeiro pelo número reduzido destas, segundo, pelo alto teor de vitamina C, que acaba por reduzir os já citados picos de insulina.

 

Alimentos ricos em Omega-3: O ômega 3 é um ácido graxo que ajuda a manter nosso metabolismo acelerado, atuando no equilíbrio hormonal da leptina, hormônio que tem influência na velocidade do metabolismo.

Alguns peixes, nozes e sementes são boas fontes de omega-3.

O ômega 3 também emagrece porque tem a capacidade de ativar uma proteína chamada PPAR-gama.

Essa proteína é importante para melhorar os efeitos da insulina nas células, de maneira que a insulina consiga converter mais facilmente o açúcar em energia.

Esse é justamente o processo que evita que os excessos se transformem em gorduras indesejadas.

 

Água: Não é exatamente um alimento, mas a água ajuda sim a perder peso.

Seja por otimizar as reações químicas do organismo, mantendo a velocidade do metabolismo, por diminuir o apetite, ou por ter zero calorias.

Beber água gelada também faz nosso organismo gastar energia para trazê-la à temperatura do corpo.

Isso coloca a água como “alimento” de caloria negativa, ou seja, você gasta mais calorias do que ingere só pelo fato de ingerir.

 

Mas antes de prosseguirmos... Que tal conhecer um método de emagrecimento totalmente sistematizado e fácil, onde você não precisa abandonar totalmente os alimentos que tanto gosta e acabar de vez com o tal do efeito sanfona, mudando sua vida e saúde para sempre?

Você está a um clique de uma verdadeira revolução na sua vida. Se você precisa perder 10, 20, 30kg ou mais, veio ao lugar certo. E se precisa perder só alguns quilinhos, é mais rápido ainda. Nada de medicações, dietas milagrosas, nada disso. Até porque nada disso é necessário.

E você também vai conhecer 7 alimentos que você provavelmente acha que são emagrecedores, mas que na verdade promovem justamente o efeito contrário.

Clique aqui para saber mais e bem vindo à sua nova vida.

 

Alimentos ricos em cálcio: Um estudo da Universidade do Tennessee comprovou que mulheres que ingerem 1200 a 1300 mg de cálcio por dia emagreceram o dobro do que mulheres que não ingeriam tal quantidade.

Laticínios desnatados, gergelim, espinafre, brócolis, laranja e feijões são ótimas fontes do mineral.

 

Pimentas: Além de ajudar a reduzir o desejo por outros alimentos, as pimentas também ajudam a acelerar o metabolismo, devido à presença de capsaicina, que estimula receptores da dor, aumentando o fluxo sanguíneo e a taxa metabólica basal temporariamente.

Sopas: Além do óbvio número reduzido de calorias, devido ao conteúdo, um estudo da Universidade de Penn State demonstrou que sopas acabam por reduzir o apetite em geral, dada a combinação de líquidos e sólidos, e com tudo isso, aceleram o metabolismo e queimam gordura.

Substituir algumas refeições por sopas pode ser uma boa estratégia para reduzir o número de calorias ingeridas ao longo do dia.

Isso deve-se ao fato que boa parte das sopas contém vegetais saudáveis, o que também pode auxiliar no fornecimento de nutrientes variados.

Porém deve-se tomar muito cuidado, porque a redução do número de calorias pode ser tão drástica que num primeiro momento, a pessoa perderá bastante peso.

E empolgada, pode querer manter-se sempre substitutindo refeições por sopas ou pior, adotar uma dieta da sopa completa.

E aí a estratégia vira um tiro no pé.

Primeiro porque estando sempre em deficit intenso de calorias e possivelmente nutrientes, a pessoa tenderá a sentir mais fome, e daí para estragar a dieta é um pulo.

E pior, terá um organismo que vai absorver toda e qualquer caloria ingerida, afinal, está ávido por elas.

Não surpreendentemente, a recuperação do peso perdido pode ser muito rápida.

Segundo porque o deficit de calorias pode se intensificar a ponto de você sentir fadiga precoce.

Pense em se exercitar sem energia. Isso joga contra os seus esforços, não?

Terceiro, não é sustentável assim a longo prazo.

Chega uma hora que você enjoa de tomar tanta sopa.

 

Ovo: A presença do ovo como alimento que emagrece deve-se ao fato que o seu teor de gorduras e proteínas promove saciedade por longos períodos, e no geral acaba por diminuir a sua necessidade de comer.

Só não vale exagerar na quantidade, pois a gema contém bastante colesterol.

 

Maçã e pera: Essas frutas possuem boa concentração de fibras, que aumentam o trabalho e o tempo de digestão, e com isso, o gasto energético.

Além disso, estudo realizado pela UERJ demonstrou que mulheres que consomem até 3 dessas frutas por dia emagreceram mais do que as que não consumiram.

 

Nozes e outros frutos secos: Práticas, versáteis, fáceis de carregar, e devido ao teor de gorduras insaturadas (saudáveis), acabam por causar saciedade prolongada, portanto, se consumidas em pequenas quantidades, ajudam a emagrecer.

Os frutos secos são ricos em gorduras monoinsaturadas, que é um tipo de gordura considerada boa para sua saúde.

Essa gordura provê benefícios como redução de risco de doenças cardiovasculares, controle dos níveis de colesterol e triglicerídios, e como se não bastasse, ainda auxilia no processo de perda de peso.

Sim, porque incluindo nozes e frutos secos na sua alimentação, o teor gorduroso vai influir na sua saciedade.

Uma quantidade moderada dessas gorduras na sua dieta tem o poder de manter você sem fome por mais tempo, o que obviamente vai prevenir que você ataque a geladeira quando não deve.

E isso sem falar que as gorduras monoinsaturadas ajudam a queimar ainda mais gordura, pois ativam o metabolismo das gorduras armazenadas.

 

Vinagre: Tem a capacidade de lentificar a digestão, o que aumenta a queima de calorias.

O ácido acético, principal componente do vinagre, faz com que alimentos demorem mais para passar do estômago para o intestino.

O vinagre de maçã também ajuda a reduzir os indesejados picos de insulina.

 

Uma lista e tanto de opções de alimentos que emagrecem, não acha?

Mas você sentiu falta de algum alimento nesta lista? Participe e dê sua opinião abaixo nos comentários.

Veja Mais Sobre Como Emagrecer

Seja bem-vindo! Saiba quem somos.   Olá! Gostaríamos de te dar as boas vindas ao site. Esperamos que, aqui, você aprenda e encontre todas as informações de que precisa para cons...
Pipoca engorda? Depende… Eu espero que você não esteja acessando esse artigo no cinema, porque senão eu preciso te alertar sobre alguns fatos, se pipoca engorda ou não.Nes...
10 frutas que ajudam a emagrecer (a 5 você não vai... Em geral, o consumo de frutas é um grande aliado de quem está enfrentando um processo de emagrecimento. As frutas, além de um sabor delicioso, também ...
4 dietas saudáveis (e que emagrecem muito). Para manter a boa forma e a saúde em dia, existe atualmente uma série de estratégias que podem ser usadas. Confira 4 dietas saudáveis e emagrecedoras ...

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

4 disseram o que pensam. Agora é sua vez.

  1. Muito legal!!!(mamão,couve,batata,azeite,)

  2. como eu posso emagrecer

    • vai na academia, ue

  3. Uma boa coisa pra fazer não importa se a pessoa é magra ou gorda tem que comer coisas saudável

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *