Controle do peso: o guia definitivo para finalmente parar de brigar com a balança.

Controle do peso: o guia definitivo para finalmente parar de brigar com a balança.

27 de julho de 2015

Você é daquelas pessoas que vivem uma eterna “briga com a maldita balança”? Como é a sua reação ao ver que a balança não lhe deu a esperada notícia do ponteiro indo para baixo? Você desanima ou encontra ainda mais força para lutar?

Pessoas são diferentes, e reagem de forma diferente a determinados estímulos ou informações. Por exemplo, o caso da inglesa que foi xingada de “vaca gorda” por um assaltante, e reagiu perdendo quase 50kg. Certamente muitos reagiriam mal a essa experiência, mas ela usou o fato de uma forma que lhe foi totalmente benéfica.

No final das contas, você escolhe como vai deixar determinados eventos influenciarem a sua vida, e essa escolha muitas vezes parece não ser bem uma “escolha”, de acordo com suas crenças e experiências que moldaram sua personalidade. Um pouco mais complicado do que parece.

banner método emagrecimento fácil

E o que a balança tem a ver com isso? Continuemos…

 

A sua relação com a balança

relação entre pessoas querendo perder peso e a balança.

A relação entre as pessoas e a balança nem sempre é das melhores.

Durante os esforços para perder peso, se vê muito disso com a controversa relação com a temida balança, especialmente na hora de pesar. Muitas pessoas acabam evitando subir na balança regularmente, porque as eventuais irregularidades na perda de peso acabam incomodando, ou então tentam usar outros meios de avaliar se estão perdendo peso, como a opinião alheia ou observar se as roupas cabem, se diminuiu o número de buracos ainda disponíveis para apertar o cinto, e por aí vai.

Acreditamos que cada pessoa deva utilizar aquilo que sente que lhe faz bem e traz resultados nessa jornada, até porque, ficar fora da sua zona de conforto por muito tempo pode fazer a pessoa desanimar e até mesmo desistir. Mas o fato é que a balança deve ser uma ferramenta importante nesse processo em algum momento, seja diariamente, semanalmente ou todo mês.

É muito fácil perder o foco para emagrecer, ainda mais que vivemos num mundo totalmente programado para nos fazer engordar quando deixamos tudo à deriva. E uma boa dose esporádica de realidade muitas vezes é necessária para nos fazer tomar consciência que estamos perdendo o rumo, se for o caso.

Mesmo que essa dose de realidade seja um tanto dolorosa.

Quer perder peso? Use a balança

balanca

Utilize a balança como forma de avaliar seus resultados e como motivação.

Por exemplo, estudos científicos mostram que a balança é útil no processo. Participantes desses estudos, que emagreceram e mantiveram o peso, tenderam a se pesar regularmente, sendo que 75% delas se pesavam semanalmente. Outros estudos sugerem que a pesagem regular auxilia o controle do peso. E algumas pessoas que se pesam com frequência até utilizam isso como motivação, seja quando perdem peso (sabem que estão no caminho certo), ou quando ganham/mantém o peso (aproveitam para examinar o que fizeram de errado e reajustar).

banner método emagrecimento fácil

De qualquer forma, se você se pesa ou pretende se pesar frequentemente, precisa ter algumas coisas em mente que lhe ajudarão a evitar a frustração e flutuações de humor que comprometam sua disciplina, principalmente quando os resultados não forem os esperados. Seguem abaixo os principais fatores que podem causar alterações na aferição do seu peso:

  1. Em mulheres, a menstruação e a ovulação podem ter impacto no peso, por causa de retenção de líquidos;
  2. Irregularidades intestinais podem causar tanto perdas como ganhos no seu peso;
  3. Quando você pratica musculação, a médio e longo prazo, sua perda de peso tenderá a ser menor porque você ganha massa muscular;
  4. Se você ingere poucas calorias, seu corpo pode entrar em modo de preservação, reduzindo o metabolismo, e o ritmo de perda diminui;
  5. Excesso de calorias: Esta é óbvia, porque se você comeu demais, provavelmente a balança vai acusar o golpe.

Para usar a balança com sabedoria, é preciso conhecer como seu organismo reage a excesso de calorias, ciclos menstruais no caso de mulheres, ingesta de sal, exercícios extras ou qualquer outro fator que interfira no peso. Após entender isso, você terá total condições de encarar a balança como uma ferramenta extremamente útil.

Se avalie de outras formas

É importante utilizar outras formas para avaliar sua perda de peso.

Utilize outras formas de avaliar seus resultados.

E mesmo que você use a balança com regularidade, é importante não deixar de lado outras formas de avaliar se você está emagrecendo ou mantendo-se magro. Seguem algumas sugestões:

  1. Observe se suas roupas lhe caem bem. Se a calça parece mais apertada, o significado é óbvio. Mas se, por outro lado, você consegue avançar mais um furo no cinto, ou então pode usar novamente uma camisa que estava apertada, sabe que está no caminho certo;
  2. Tire fotos de você mesmo ao longo do processo. Uma imagem vale mais que mil palavras;
  3. Repare o seu conforto ao sentar em cadeiras, passar no espaço entre dois carros, e coisas do tipo;
  4. Faça medidas como circunferência abdominal e da sua cintura.

Minha experiência pessoal com a balança

Passo então aqui a relatar como foi  (e ainda é) minha relação com a balança.

Minha experiência com pesagem diária foi catastrófica. Por um tempo (vergonhoso admitir), eu estabeleci uma meta diária de perda de peso, o que é algo totalmente impraticável, sujeito a chuvas e trovoadas, e principalmente, irreal. Bastavam uns copos de água a mais e pronto, “leitura sabotada”.

Pesar-se mensalmente também não foi uma boa idéia. Muito tempo e muita coisa para controlar, e se por acaso eu estivesse fazendo besteira no começo do mês? Não iria ter parâmetro para corrigir.

Então para mim o que funciona bem é a pesagem semanal. Uma semana é um bom ciclo e dá tempo de descobrir e  corrigir eventuais erros que você esteja porventura cometendo. É mais fácil descobrir que você exagerou na cerveja no sábado passado, do que lembrar daquela festinha com amigos há 3 semanas atrás.

Outra coisa importante: fidelidade à sua balança é fundamental. Subir em outra balança que não a sua pode trazer uma medida diferente, aliás, vai trazer uma medida diferente, e com isso você pode ficar perdido. Pior, pode ser a balança indique mais peso que a sua, e acredite em mim, você vai se sentir mal e acreditar que o erro está na sua balança. Não caia nessa!

E se por acaso você tiver dúvidas em relação à precisão da sua balança, não se preocupe tanto: o importante é ver o seu peso caindo de forma contínua. Não interessa se na sua balança você pesava 70kg e agora ela aponta 68kg, enquanto na outra, você pesava 71 e agora ela aponta 69. Os dois quilos foram os mesmos, e qualquer balança pega essa diferença. Portanto, foco no que realmente interessa!

Por fim, volta e meia eu me pegava com vontade de não subir na balança, justamente porque sabia que ia dar problema (leia-se “fiz besteira”). Engula o medo e suba, esse é o melhor conselho que posso te dar. Encarar os fatos pode ser doloroso no começo, mas muitas das histórias de superação em relação ao emagrecimento começaram em cenas desagradáveis, como uma subida na balança ou um comentário maldoso.

Eu sou grato até hoje pelas vezes que minha balança me chacoalhou, e pelas pessoas que me disseram “nossa, como você engordou”. Sem elas, não teria chegado onde cheguei…

E você, costuma pesar-se com frequência? Usa outras formas de avaliação do seu emagrecimento? Conte-nos abaixo, nos comentários!

Veja Mais Sobre Como Emagrecer

Para quem este site foi criado.   Como você pôde ver no post em que nos apresentamos, nós criamos este site com o desejo de ajudar outras pessoas a perderem peso, emagrecendo c...
Esteira emagrece: como obter o melhor desempenho (... Esteira emagrece sim e, por isso, não pode faltar durante o treino de quem busca a perda de peso. Um dos motivos está no fato de poder se tornar um ex...
Treino intervalado de alta intensidade (adeus hora... Hoje existe um bom treino que garante conseguir queimar calorias, perder mais gordura e até melhorar o seu nível cardiovascular, garantindo mais condi...
Calorias dos alimentos: tudo o que você sabia está... Para conseguir manter o peso, uma opção sempre comum é realizar a contagem das calorias dos alimentos, mas será que essa preocupação vale a pena?M...

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

3 disseram o que pensam. Agora é sua vez.

  1. Eu tenho balança em casa. Confesso que, quando exagero, nem olha pra balança. Ao longo de todas as dietas que já “tentei”, foram muitas, eu percebi que retenho líquido, pois em uma dessas dietas eu fiquei 9 dias tomando shake no café, almoço e jantar e os lanches eram compostos por frutas. Nesses 9 dias emagreci somente 1,5 Kg, porém diminui 14 centímetros na cintura. Com essa experiência eu vi que a balança pode desmotivar, isso se eu só focasse nela e esquecesse da fita métrica.

    • Grazi, bom dia

      Esses tipos de dietas com perda muito rápida são ótimas para gerar o famoso efeito sanfona. Quando a dieta acaba, você tende a voltar aos seus velhos hábitos, e a longo prazo, isso engorda. Isso porque você perde músculos no processo, e se voltar a engordar, esses músculos são substituidos por gordura. Pode até parecer útil em casos emergenciais, mas é insustentável e arriscado, sem falar que não é saudável.

      Só deixei esse alerta, porque isso pode explicar o fato de você já ter tentado tantas dietas. No final das contas, sem uma reeducação alimentar e mudança de hábitos, o resto é apenas paliativo.

      Obrigado pelo comentário

  2. Tenho como norma não verificar meu peso toda semana. Não ficaria nada satisfeita em não haver pelo menos um kg a menos. Acompanho pelas roupas, espaços conforme indicado na matéria.

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *