Por que você teima em estragar sua dieta numa viagem (e o guia definitivo para nunca mais sofrer com isso).

Por que você teima em estragar sua dieta numa viagem (e o guia definitivo para nunca mais sofrer com isso).

26 de agosto de 2015

Uma das formas mais eficazes de perda ou manutenção de peso é quando estamos no conforto de nossas casas e temos uma rotina certinha e regular. Após algum tempo de tentativa e erro, você finalmente consegue estabelecer novos hábitos, aprende a comprar as coisas certas e otimizar o ambiente de sua casa, e tudo corre bem.

O problema é quando o seu chefe manda você viajar para algum lugar, ou então chega aquela tão sonhada viagem de férias. E aí começa um grande desafio para qualquer um, mesmo quem não está em processo de emagrecimento.

Viagens normalente significam comida em abundância, quebra da rotina de alimentação saudável e em geral menos atividade física. A alimentação pode sair de “decente” para “horrível” em questão de horas. A frequência de alimentação fica caótica, a disciplina vai para o inferno, e o controle sobre a qualidade e quantidade do que você ingere vai a zero. Isso se torna a chamada “dieta de férias”, insalubre e engordativa em 99,9999% dos casos.

banner método emagrecimento fácil

Problemas comuns durante uma viagem

  • Falta de tempo: Ao viajar, passa-se muito tempo em estradas, aeroportos, reuniões e afins do que o normal. E quanto menos tempo você tem, menos poderá se preocupar com sua alimentação (por exemplo, cozinhar). E isso eleva muito a chance de você procurar soluções rápidas, como nas lojas de conveniência dos postos de gasolina.
  • Quebra dos hábitos diários: Se você prestar atenção no seu dia a dia, verá que tende a repetir um padrão de comportamento, uma rotina. E provavelmente sua alimentação está incluída nisso. Se você está viajando, pode não ser prático o acesso aos seus alimentos habituais. E mesmo que tenha acesso, pode não ter tempo para cozinhar.
  • Suas companhias: Aqueles com quem você anda, especialmente em viagens, acabarão influenciando a sua alimentação. Muita gente gosta de uma farta refeição e alguns drinks, e quando o grupo vai jantar ou sair, é difícil manter-se fora disso.

Mas é possível fazer uma viagem sem estragar sua dieta?

Se você viajar, peça pelo menu light.

Se você for a algum restaurante ou voar de avião, peça pelo menu “light”/saudável, se acessível.

Claro que sim, mas você vai precisar estar bem atento. Como vimos acima, tudo conspira para que você coloque seus esforços a perder.

O primeiro grande obstáculo são as lanchonetes de fast food. É muito fácil, barato e deixa você estufado rapidamente. Está em qualquer canto e acaba se tornando a maior fonte de alimentos de quem viaja. Note bem, um pouco de fast food aqui e ali não é totalmente ruim, mas quando torna-se o que você consome em todas as refeições, isso vira um grande problema.

O valor nutricional de fast food é muito baixo, e o número de calorias é elevadíssimo. O ideal é evitar, mas se não for possível, você pode ao menos controlar o dano. Opte por sanduíches com carnes ou frango grelhados e vários vegetais, por exemplo, evitando frituras.

Se você for a algum restaurante, procure o menu “light” ou saudável, se acessível. Você pode solicitar ao garçom que sua refeição seja preparada com menos óleo, por exemplo.

A psicóloga Carol Goldberg, de Nova York (EUA), enfatiza que o planejamento pode ajudar você a mantar a disciplina quando tentações aparecerem. “Não vá para uma festa ou evento enquanto estiver com fome”, aconselha. Tente comer um lanche nutritivo antes. Se por acaso você chegar com fome, beba uma quantidade generosa de água antes de encher o seu prato. Isso pode ser o suficiente para você comer menos.

Outras dicas úteis durante sua viagem

Levar comida durante a viagem é uma boa solução.

Você pode levar uma lancheira ou sacos tipo “ziploc” com vegetais, frutas, iogurte, um sanduíche integral, etc.

Leve sua comida: Em viagens de carro, especialmente, você pode levar uma lancheira ou sacos tipo “ziploc” com vegetais, frutas, iogurte, um sanduíche integral, etc. Desta forma, você não será pego desprevenido e terá total controle sobre o que come.

Reserve um quarto com frigobar: Ao chegar no hotel de destino, você pode ir a um supermercado local e abastecer o frigobar com bons alimentos. Ou então pode trazê-los de casa.

banner método emagrecimento fácil

Antes de viajar, procure bons restaurantes no destino: Procure se estes restaurantes tem menu online para identificar boas opções que não façam sua barriga crescer.

Planeje seus exercícios: Se você ficar em um hotel com academia, comprometa-se em usá-la ao menos alguns dias durante a sua visita. Isso vai, além de fazer você gastar calorias, impedir que você perca benefícios adquiridos com o treinamento físico. Nada pior que voltar para sua rotina e descobrir que não aguenta mais correr a distância que estava acostumado a fazer, ou então ter que diminuir os pesos. E mesmo que o hotel não tenha academia, você pode encontrar uma área para correr (uma praia, um parque) ou fazer treinamento calistênico, que é nada mais que o uso do peso do corpo para treino de força. Flexões de braço e agachamentos são exemplos de exercícios calistênicos. Elásticos para exercícios de resistência e uma corda para pular são facilmente transportáveis. Enfim, não há desculpas para não se planejar.

Caminhe bastante: Andar para lá e para cá no seu destino é uma ótima forma de queimar calorias extras e manter sua condição física. Se possível, dê preferência a caminhadas ao invés de utlizar transporte público ou alugar um automóvel. No final das contas, é um esforço moderado mas que pode ser mantido por horas e horas, e inclusive pode queimar mais calorias do que fazer um treino de uma hora e depois passar o resto do dia relaxando.

Foco em atividades diversas: “Muita gente se esquece que uma viagem envolve muito mais coisas que apenas comida e festas”, diz Goldberg. “Não encare o evento apenas pensando em comer”. Uma boa dica é aproveitar a companhia de amigos ou mesmo dançar, e buscar atividades diversas que não envolvem comida. Lembre-se que o tédio é um grande amigo de um lanchinho, e nessa brincadeira, lá vai o ponteiro da balança para o alto.

Cuidado com o álcool: Evite as bebidas alcoólicas durante as viagens. E não é só a respeito de calorias, mas de controle. Ao embriagar-se, você pode apostar que seus julgamentos em relação à comida não serão tão criteriosos, e assim você acabará tendo muito mais trabalho quando a viagem acabar.

“Compensar depois” não é nada inteligente: Por mais que as férias sejam algo onde você espera relaxar, isso pode ter consequências ruins para seus objetivos. E a atitude comum de querer compensar depois é um tiro no pé. Só para você ter uma idéia, para queimar todas as calorias de uma refeição com um Big Mac, batata frita e refrigerante grandes, você só vai precisar caminhar durante míseras 6 horas, uma distância total de 15km aproximadamente. Um chesseburger duplo com bacon vai embora após 2,18 horas de natação estilo costas. Uma deliciosa panqueca com chantilly e calda de chocolate pode ser “compensada” após 45 minutos de pedalada… Mas pedalando a 32 km/h, o que te daria alguma chance de vencer alguma etapa da Volta da França. Um delicioso café Mocha do Starbucks tamanho Venti e com leite desnatado, é pulverizado após uma hora escalando montanha, e isso considerando que você carregue uma mochila com entre 10 a 20kg nas costas.  E se quiser algo mais prazeroso de fazer, um caixinha com 6 nuggets pode ser eliminada com sexo… É só aguentar fazer direto por aproximadamente 9 horas.

Deu para ver que é melhor prevenir do que remediar, não? Números não mentem.

 

Finalizando, você não ganhou todo o peso, que porventura ganhou, da noite para o dia. Pelo mesmo motivo, trapaças aqui e ali não devem ser motivos para achar que pôs tudo a perder nessa viagem, ou então pretexto para uma obsessão com a alimentação e os exercícios. Mas a vigilância é absolutamente necessária, para não se tornar vítima das circunstâncias e colocar todo um esforço a perder.

Veja Mais Sobre Como Emagrecer

Seja bem-vindo! Saiba quem somos.   Olá! Gostaríamos de te dar as boas vindas ao site. Esperamos que, aqui, você aprenda e encontre todas as informações de que precisa para cons...
Como perder peso: o guia rápido e definitivo. Não é nenhum mistério saber como perder peso.Mesmo que possa ser mais difícil para umas pessoas do que para outras, a verdade é que a mudança de a...
Emagrecimento rápido: por que você está armando um... Um emagrecimento rápido é o que muitas dietas malucas prometem, e isso até pode acontecer.No entanto, elas não dizem quais são os verdadeiros peri...
Obesidade na adolescência: um texto obrigatório pa... Entre os problemas de saúde que acometem a população dessa nova geração está o risco com a obesidade na adolescência.Os maus hábitos, alimentação ...

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

Uma pessoa comentou aqui

  1. Sou mais adepta da reeducação alimemtar.

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *