Por que dietas não funcionam. E pior ainda, por que você vai engordar se fizer dieta.

Por que dietas não funcionam. E pior ainda, por que você vai engordar se fizer dieta.

13 de julho de 2015

Você já ouviu dizer que dietas não funcionam, certo? Mas parece que as pessoas ainda não acreditaram nisso, e continuam procurando a dieta da moda, a pílula mágica que será a solução de todos os problemas. Hoje você vai entender por quê dietas falham.

Na verdade, as dietas para emagrecer funcionam. Existem mais de 25.000 dietas comerciais por aí, e não é possível que tanta gente esteja errada. Porque nenhuma dieta para emagrecer foge do seguinte raciocínio:

Calorias ingeridas < Calorias gastas

banner método emagrecimento fácil

E assim sendo, a perda de peso é inevitável. Segue aqui a fórmula “revolucionária” da melhor dieta do mundo:

Coma menos + Exercite-se mais

Mas você já sabe disso. Então por que na prática é tão difícil fazer dieta? Por que as dietas falham?

A questão é bem mais complicada, como não poderia deixar de ser, em se tratando de seres humanos, onde aspectos emocionais entram em jogo.

A razão pela qual dietas não funcionam.

 

Dietas falham por falta de lógica

Dietas falham por não sermos guiados somente por lógica. Somos mais do que isso.

E a resposta começa num pequeno e interessante fato sobre os humanos: Nós não somos guiados pela lógica. Se fôssemos, todos conseguiríamos seguir dietas à risca, e a obesidade seria um mal já extinto, e você não estaria aqui lendo esse artigo. Mas somos criaturas emocionais.

A maioria das pessoas tem algum envolvimento emocional com a comida, ou seja, o ato de comer está ligado a emoções sentidas. A pessoa está tensa e desconta na comida. Você recebe uma notícia ruim e vai comer um chocolate para se sentir melhor. Desde pequenos somos condicionados a sentir conforto e bem estar ao comer, e acabamos usando a comida para proporcionar essas sensações. E mais importante: Comer definitivamente não resolve o problema. É uma fuga apenas.

banner método emagrecimento fácil

E o que tem a dieta com isso? Fazer dieta vai funcionar basicamente como um “remédio” que vai atacar um sintoma. Fazendo uma analogia, é como se uma parede tivesse uma infiltração, danificando a pintura, e a pessoa tenta resolver apenas retocando a pintura. O problema vai reaparecer, mais dia ou menos dia.

A dieta pode funcionar (e funciona) quando seguida de forma absoluta e sem erros ou transgressões, porém não causa uma mudança permanente. Ainda mais quando hábitos e questões emocionais não são abordados, o que vai levar ao retorno aos hábitos anteriores, e ao peso inicial, ou até mais.

Para piorar, pesquisas mostram que a melhor forma de engordar é a chamada “dieta ioiô” (ou efeito sanfona), ou seja, fazer várias dietas sempre. A tendência é que a pessoa recupere o peso perdido e de bônus, mais um quilo. Além disso, quando você está perdendo peso rápido em uma dieta, você acaba perdendo massa muscular. Isto gera dois problemas:

  1. Quanto mais massa muscular, mais energia você gasta para manter o seu corpo vivo. Se você tem menos músculo, gasta menos energia, e por isso terá mais facilidade para engordar
  2. Após uma dieta com perda de peso rápida, se você recuperar rapidamente o seu peso, terá mais gordura do que antes. Pois o seu corpo armazenará as calorias ingeridas principalmente como gorduras, e não como os músculos que você perdeu.

Resumindo, mesmo que seu peso esteja o mesmo de antes da dieta, você estará mais gordo depois. É de nossa natureza querer resultados rápidos sem sacrifício, mas depois a conta pode ser bem alta.

E por que é tão difícil deixar de comer este alimento que no fundo você sabe que faz mal e vai te engordar? A razão é simples: O alimento está lá, agora. Nós respondemos imediatamente. É como um telefone tocando, simplesmente paramos tudo para atender, mesmo sem saber se é importante ou não. Isto nos leva novamente ao imediatismo. Quando pensamos em ter um corpo magro e esbelto, é algo para o futuro. Mas a comida está ali, te chamando, tem que ser agora. E você acaba dizendo a famosa frase:

“Só vou comer um pouco e amanhã volto pra dieta” ou “Vou recomeçar na segunda”

E chegamos ao ponto crucial do porquê as dietas falham. Sim, as pessoas querem perder peso. Querem um corpo mais magro, e agora. Mas mudar hábitos e comportamentos é muito difícil. Somos escravos de nossos hábitos, muitos deles estão ligados a nossas emoções, e mudar é sempre complicado.

As dietas atuais focam apenas nos resultados quanto ao peso e tendem a ser de curto prazo. Elas não te preparam para a real mudança que é necessária. Daí você “muda” seus comportamentos por um curto período, atinge os resultados e…. Fica louco para retornar aos antigos hábitos, ou seja, comer igual antes. Daí você ganha peso de novo, fica incomodado e… De volta à dieta!

Isto vira uma batalha sem fim, porque você está colocando esforços pelo resultado, e não contra a real causa.

Em resumo, você não precisa fazer dieta para perder peso, mas mudando seus comportamentos, você inevitavelmente vai emagrecer, e melhor ainda, permanecerá desta forma. E melhor de tudo: Nunca mais precisará fazer dieta.

É importante ter em mente essas informações, pois são desafios que você fatalmente terá que encarar ao perder peso.

E você? Quais as histórias que têm para nos contar sobre as tentativas e falhas de fazer dieta? Como você acha que o que acabou de ler pode te ajudar a fazer diferente?

Vídeo gratuito mostra os 7 sinais que indicam que seu metabolismo está lento. Clique para assistir!

Sim, eu quero.

11 disseram o que pensam. Agora é sua vez.

  1. Olá, Maurício e Eduardo.

    Eu gostaria de fazer uma pergunta – na verdade, pedir uma opinião.

    Eu entendo que dieta é algo diferente de reeducação alimentar. Claro, uma reeducação alimentar pode servir como uma dieta, mas falando a respeito das dietas prescritas por nutricionistas, das dietas das revistas, da televisão, etc eu as entendo como uma medida temporária que visa um determinado objetivo ou resultado.

    Por exemplo: seguir a dieta x por 3 meses para eliminar Y quilos, e depois por mais 3 meses para dar manutenção.

    No exemplo, são 6 meses de dieta, mas no meu entendimento, se não houver uma reeducação alimentar depois da dieta acontece exatamente o que vocês falam neste artigo – a pessoa volta a engordar.

    Mas reeducação alimentar também é uma cultura difícil de assimilar, ainda mais porque envolve mudanças permanentes, além de uma disciplina rigorosa.

    A minha pergunta é: de onde as pessoas que se alimentam bem tiram esta disciplina que nós gordos não conseguimos ter?

    Vejo amigos meus por exemplo que não sentem a menor vontade de atacar um bolo ou um chocolate quando lhes oferecem. É como se simplesmente não lhes despertasse a vontade.

    Como é possível assimilar estes hábitos, esta mudança de paladar, esta mudança de comportamento sem se auto-sabotar até que se torne algo natural e inconsciente?

    Abração!

    • Ótima pergunta, Gustavo.

      Na minha visão, alimentação não deixa de ser um condicionamento. Que começa lá na infância, e muitos pais desavisados dão guloseimas a seus filhos como recompensa, o que já condiciona a criança a associar prazer com comida. Daí mais para a frente vem o estrago.

      Uma vez condicionados, por anos e anos, não é de uma hora para outra que a coisa vai mudar, e por isso pessoas acima do peso tem tanta dificuldade em largar os alimentos ruins. Quer um bom exemplo de condicionamento desde a infância: A família Gracie, do Jiu-Jitsu. Todos eles seguem a dieta específica deles desde a infância, é uma tradição familiar, e além de eu nunca ter visto um Gracie acima do peso, duvido que eles sintam falta de guloseimas e outras porcarias.

      Aliás, esse é um condicionamento péssimo. Tendemos a associar comida com prazer, desde pequenos, quando somos recompensados com sorvete e batata frita. Quando na verdade comida serve (ou deveria servir) apenas para NUTRIR, ponto. Muitas vezes, buscar prazer na comida esconde alguma outra necessidade emocional da pessoa. Ela come, se sente melhor, mas a necessidade está lá, e o ciclo se repete, e a gordura se acumula.

      Mas quando o condicionamento adequado não vem de antes, ou quando ele é ruim, o que fazer?

      A resposta é simples, é criar um condicionamento novo. Mas a implementação, como você já deve saber, é muito mais complexa que isso. Porque seu corpo e sua mente não gostam de mudanças, e vão lutar contra isso, daí as tentações.

      Em nosso livro, que está quase saindo do forno, vamos falar de inúmeras formas para mudar hábitos, crenças e atitudes diárias que se implementadas, vão te fazer pensar e agir como uma pessoa magra, e seu corpo acabará acompanhando isso. Não tenho como falar de tudo aqui, mas vou deixar um exemplo pessoal, e uma idéia prática.

      O Exemplo pessoal é como eu hoje em dia ADORO comer salada. Porque eu detestava, sério. No nosso post de apresentação aqui no site eu falo que esse foi meu principal erro. Resolvi que ia aprender a comer salada, e no início me forçava, mas depois descobri os molhos, depois fui eliminando os molhos mais calóricos, e hoje em dia, aprecio verduras e legumes que eu simplesmente detestava.

      A idéia é: Você provavelmente tem hábitos, tanto alimentares como comportamentais que acabam te prejudicando ao perder peso. Quando uma pessoa tenta fazer dieta e exercícios, está tentando mudar TODOS os hábitos de uma vez só, e isso é igual a atirar para todos os lados para ver se acerta alguém. Uma estratégia mais eficaz é agir como um atirador de elite: Mire apenas um hábito. Por exemplo, digamos que você adora refrigerante. Então dedique-se durante 21-30 dias APENAS a não tomar refrigerante. Foco total. Se parecer difícil, no começo reduza a quantidade, e vá cortando até o fazer completamente.

      Desta forma, após esses dias, você verá que isso virou parte de você, e aí escolha um novo hábito. Agindo dessa forma, em um ano você conseguirá eliminar e mudar ao menos 12-17 hábitos ruins, o que é bastante coisa. Duvido que, sem pensar, você consiga me citar 17 hábitos ruins que tenha. E em um ano você pode se livrar deles, colocar hábitos melhores no lugar, e aí, você entra em piloto automático de emagrecimento e manutenção.

      Resumindo: Você estará brigando contra hábitos de longo tempo, e sem esforço e foco, nada vai mudar. É preciso um objetivo certo, um desejo ardente de fazer acontecer, e aí você vai evoluir. E todo mundo é capaz de promover essa mudança, basta observar que em outras áreas da vida onde você é bem sucedido, você teve a disciplina e foco para chegar aos objetivos. Esqueça essa história de “não tenho disciplina”, porque se foi bem sucedido em alguma coisa, você tem todas as ferramentas para ser bem sucedido em outra.

      Abraço e continue nos acompanhando, vem muita coisa boa por aí.

  2. Olá, adorei tudo que li, pois foi direto ao ponto, já tentei muitas dietas e nunca sabia porque elas não funcionavam direto, agora vejo que sem mudanças de hábitos não conseguirei perder peso.

    • Joana,
      Ficamos felizes em saber que está no caminho certo para conseguir emagrecer de forma saudável. Realmente, sem que uma pessoa mude hábitos não há como perder peso de forma duradoura. Fique de olho no site! Estamos sempre divulgando novas dicas e informações que vão ajudar no seu processo. Precisando de algo mais, é só entrar em contato conosco.
      Obrigado e um abraço.
      Eduardo

  3. Simplesmente Maravilhoso.

    Amei,com certeza dessa vez eu consigo,com essas super dicas…

    Muito obrigada

    • Obrigado a você, Vanessa!

      Fique de olho, estaremos sempre trazendo dicas e mantendo nosso público motivado para atingir seus resultados.

      E tenho certeza que você vai conseguir.

  4. Excelente seu site, amei todas as dicas, bem real e diferente dos demais que já acompanhei.Estou acompanhando agora por aqui e no facebook. Parabéns!

  5. Adorei o texto. Complementou muito no meu conhecimento e preencheu algumas curiosidades que eu tinha.
    Eu gostaria de contar a minha história. Começei a engordar quando iniciei o uso de anticoncepcionais, troquei várias vezes e me mantinha engordando. Fiz várias dietas, milagrosas mas também as corretas. Quando percebi que o problema era o remédio parei e comecei tudo de novo. Fui a uma nutricionista e montei uma dieta, parei a musculação pra parar de ganhar músculos e Começei a fazer boxe chinês. No primeiro mês perdi 2,5 kg e no segundo mais um pouquinho. A mudança foi perceptivel. A partir do 3 meses comecei a ganhar peso de novo, a reter liquido de novo, mesmo me mantendo na dieta e fazendo atividades regulares.
    Não sei mais o que faço pois mesmo com a reeducação alimentar, que é o correto, perdi e ganhei de novo os kg. Acho que o stress influência muito.
    Qual seria a causa disso?
    Desde já, obrigada

    • Ana Luiza, eu recomendo que você passe a notar a quantidade de açúcar e carboidratos que vem comendo. Para isso, voce pode fazer um diário alimentar, e existem até aplicativos de celular que vão lhe ajudar nisso, como o Myfitnesspal.

      Por que? Na minha humilde experiência, quem está estancado na dieta come mais carboidrato do que deveria. E mesmo que você ache que fez tudo certinho, pode apostar que alguma “escorregada” aconteceu. E você nem vai lembrar.

      Tive o mesmo problema quando estava emagrecendo, e substituir carboidratos por proteínas e gorduras mais saudáveis, além de vegetais, me fez voltar a perder peso. Experimente e verá!

  6. Olha engraçado! Diferente! E bem inspirador. Tenho 19 anos. Sou gordo. Prático esportes. E não me alimento direito. Quando eu me alimento são tudo em excesso. Aquele prato enorme(de pedreiro RS). E eu já me peguei várias vezes fazendo isso e totalmente inconsciente só faço Não penso, não noto oque pode acontecer depois. E sabe é um erro. Algo que eu to tentando muito me policiar para mudar. e aos poucos eu consigo. Só que não parece que surge muito efeito. E eu não faço ideia do porque é tão difícil emagrecer.

    Estava com a ideia que peguei em um comentário que li ali para cima. Falando de hábitos ruins.
    Marca los todos em uma folha. Junto com um calendário e ver até aonde consigo ir. E tentar. Mas não sei se consigo. Awui em casa todos tem o hábito de comer muito sem excessão..

Trackbacks/Pingbacks

  1. Bebidas com açúcar: Seus efeitos e como eliminá-las. - Comece a Emagrecer - […] Algumas dicas para eliminar bebidas com açúcar da sua dieta. […]
  2. Perder peso: Quantas vezes você já tentou? - Comece a Emagrecer - […] você fará para o resto de sua vida (e isso te ajudará a manter o peso depois). Descobrirá que…
  3. Dieta da sopa: o que você precisa saber. - Comece a Emagrecer - […] se tomar cuidado para não retornar aos velhos hábitos de comer porcarias. Como explicamos neste artigo, uma dieta radical,…
  4. Como não usar a comida para aliviar seus sentimentos. - Comece a Emagrecer - […] comida, você não vai conseguir controlar seus hábitos alimentares por muito tempo. A maioria das dietas falha porque oferecem…
  5. A verdade sobre dietas detox. - Comece a Emagrecer - […] Funcionam pelo simples fato que elas são extremamente baixas em número de calorias. Quando você reduz dramaticamente o número…
  6. Dieta rápida: o que você precisa saber - Comece a Emagrecer - […] rápido com pouco esforço. Dietas rápidas prometem isso, mas o fato é que se a mentalidade de “fazer dieta”…
  7. Como parar de dar desculpas para o seu excesso de peso. - Comece a Emagrecer - […] consigo perder peso. Tentei antes e engordei de novo” – Como já explicamos aqui, tentar emagrecer com dietas é…
  8. Efeito sanfona: o que é e como evitar. - Comece a Emagrecer - […] que te levaram a engordar. Em ultima análise, isso leva a dois desfechos, sendo o primeiro a falha e…
  9. Os 8 piores hábitos alimentares. - Comece a Emagrecer - […] é de certa forma movido a hábitos, e como já explicamos aqui, este é um dos motivos pelos quais…
  10. 17 dicas para perder barriga. | Comece a Emagrecer - […] essa altura do campeonato, você já deve saber que dietas não funcionam, mas se quer ainda mais motivos para…
  11. Efeito sanfona: como evitar? - Dietas & Fitness - […] que te levaram a engordar. Em ultima análise, isso leva a dois desfechos, sendo o primeiro a falha e desistência…
  12. O que fazer para emagrecer de uma vez por todas. | Comece a Emagrecer - […] combina com todos os tipos de metabolismo, ela se chama reeducação alimentar. Mais eficaz do que dietas mirabolantes, com…
  13. Quero emagrecer! | Comece a Emagrecer - […] Nem todo mundo consegue segui-las à risca e com a falta de sucesso vem a frustração, inclusive, para tentar…
  14. Série: Desculpas esfarrapadas para não emagrecer (quem vive fazendo dieta ou viaja muito não pode deixar de ler). - […] já explicamos anteriormente, no artigo “Por que dietas não funcionam”, sem as informações adequadas sobre esse assunto, a chance…
  15. Não Consigo Emagrecer: Os 7 Erros Mais Comuns - […] tudo isso, desistir torna-se fácil. Esse é um dos reais motivos pelos quais as dietas restritivas não funcionam e…
  16. 5 receitas para dieta (e que farão você esquecer que está nela). - […] Daí para aquela escapada, é um pulo. Uma aqui, outra ali, e o resultado no final é desastroso. […]
  17. Cardapio para emagrecer: Um jeito surpreendente para criar o seu em 5 minutos. - […] é, ao contrário das dietas restritivas, algo sustentável, que você pode seguir para o resto de sua […]
  18. Emagrecer de vez: 5 dicas infalíveis para perder peso para sempre – Comece a Emagrecer - […] Como é muita mudança em pouco tempo, e com esse viés de sofrimento, você vai ficar louca para sair…

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *