Emagrecer com alimentação consciente: 19 dicas fáceis que vão aniquilar a sua fome sem esforço.

Emagrecer com alimentação consciente: 19 dicas fáceis que vão aniquilar a sua fome sem esforço.

25 de setembro de 2015

Você já terminou de comer uma barra de chocolate, e desejou ter ainda mais uma mordida? E a surpresa quando sua mão atinge o fundo do saco de pipoca no cinema? Já se sentiu completamente estufada e miserável após comer?

 

Esses todos são sintomas de uma alimentação inconsciente.

alimentacao-consciente-emagrecer

Comer sem prestar atenção no que está comendo é uma grande falha. Já aconteceu de terminar de comer e sentir como se nem tivesse começado?

Muitos comem quando assistem televisão, dirigem, trabalham, e mesmo falando ao telefone. E comem muito rápido, a ponto de sequer notar que a comida passou pela boca e já está no estômago.

banner método emagrecimento fácil

Saiba que seu cérebro só consegue colocar foco em uma coisa de cada vez, e agindo desta forma, você deixará passar despercebidos os sinais sutis de saciedade. A consequência é simples e drástica: Você não vai parar até se sentir empanturrada, ou a comida toda acabar. E principalmente, não vai apreciar o alimento tanto quanto poderia, de forma que vai acabar comendo mais para se sentir satisfeita.

 

Deu para ver onde isso vai parar, não?

 

A solução para isso se chama alimentação consciente. Ela tem como definição: “Comer com intenção e atenção”.

 

Comer é uma atividade natural, saudável e prazerosa quando é feita apenas para satisfazer a fome. Em última análise, um estilo de vida saudável não é apenas sobre o que você come. O jeito que você come importa tanto quanto.

banner método emagrecimento fácil

 

Escolher comer de forma consciente, em outras palavras, dar atenção completa à comida e ao ato de comer, vai permitir que você tenha satisfação otimizada e que você aprecie seus alimentos, sem que para isso se exceda.

 

Comer conscientemente torna possível para você experimentar a diferença entre a satisfação física e estar empanturrada. Comer de forma consciente também permite que você se sinta satisfeita com pequenas quantidades de comida. Aprender a saborear sua comida simplesmente torna o ato de comer muito mais prazeroso. Saber o que te satisfaz e obter o máximo de prazer das suas experiências gastronômicas são fatores chave para uma vida saudável.

 

Alimentação consciente: Como fazer

alimentacao-consciente

Você precisa adaptar uma série de pequenos comportamentos, mas que farão grande diferença.

  • Mude sua atitude

O alimento é algo a que devemos ser gratos por ter. Devemos apreciar a experiência de comer. Prestar atenção no tamanho de suas porções e na frequência com que come fará você respeitar a comida e a si mesmo durante o processo. E banir sentimentos negativos como a culpa e a vergonha vai permitir que você construa um relacionamento mais saudável e positivo com a comida.

  • Identifique se você está com fome ANTES de começar a comer

Se você não está com fome, você não estará tão interessada, então vai ser mais difícil colocar foco. Além do mais, se um desejo de comer não vem da fome em si, o ato de comer nunca vai satisfazê-lo

  • Não espere até ficar faminta

Uma das chaves para alimentação consciente é manter o seu corpo adequadamente alimentado, para evitar ficar com fome extrema. O que aumenta a chance de você comer demais.

  • Então, decida o quão cheia você quer ficar ao terminar de comer

Quando você come com a intenção de se sentir melhor ao terminar, você está menos propensa a permanecer comendo até a fome ir embora.

  • Escolha alimentos que vão satisfazer seu corpo e sua mente

Vivemos num mundo onde muitos estão tão obcecados com “comer do jeito certo” que às vezes comemos coisas que sequer gostamos tanto. Entretanto, a satisfação vem não só da saciedade, mas de apreciar o gosto de sua comida – sem culpa. Sentir-se culpada após comer certos alimentos vai acabar causando mais comilança, e não menos.

  • Faça da refeição uma experiência sensorial

Mudar a sua mentalidade para transformar o ato de comer em uma experiência multisensorial te dará uma nova perspectiva. Cada aspecto de uma refeição, como a visão dela na mesa, o cheiro, textura dos alimentos, sabor, e até o ato de limpar a louça, são todos partes da experiência. Você pode ajustar a mesa de determinada forma, colocar guardanapos coloridos, panos que causem sensação agradável ao toque, música suave. Planeje de forma que toda a refeição seja uma bela experiência.

  • Coma sem distrações

Se você come enquanto vê televisão, dirige ou fala ao telefone, você não estará dando à sua comida ou aos seus sinais corporais, a devida atenção. Como resultado, você pode se sentir cheia, mas não satisfeita.

  • Respire fundo e acalme-se antes de começar a comer

Isso vai te ajudar a ir mais devagar e dar atenção total ao ato de comer

  • Aprecie o aroma e a aparência de seu alimento

Complementando a experiência sensorial, note as cores, texturas e cheiros dos alimentos, e imagine qual será o gosto.

  • Coma o mais gostoso primeiro

Se você deixar o melhor para o final, você pode querer continuar comendo mesmo estando satisfeita

  • Coma devagar

Isso pode ter um impacto imenso no quanto comemos, e no quão curtimos nossa comida. Nosso cérebro leva mais ou menos 20 minutos para perceber que estamos satisfeitos. Se você comer muito rápido, não estará dando ao seu cérebro tempo suficiente para perceber que comeu o suficiente. Procure mastigar bastante e vagarosamente, saboreie intensamente a comida, e sinta sua textura. Baixe os talheres após cada mordida. Tome um gole d´água e respire fundo. Só então repita o processo.

  • Troque o garfo de mão

Uma dica interessante é trocar o garfo para a mão não dominante. Uma pesquisa demonstrou que ao fazer isso, você passará automaticamente a comer mais devagar, porque não tem a mesma destreza. E também por essa falta de destreza, você terá que prestar atenção no que está fazendo. A pesquisa mostrou que isso é capaz de reduzir em até 30% o volume do que você come, porque dá a chance do seu cérebro registrar a experiência e informar ao seu corpo que você está saciado.

  • Pause durante a alimentação por ao menos dois minutos

Nesse tempo, estime o quanto de comida ainda será necessário para atingir a satisfação de forma confortável.

  • Retire o prato ou levante-se da mesa assim que se sentir satisfeita

O desejo de continuar comendo vai passar rapidamente. Tenha em mente que você vai comer de novo apenas quando estiver com fome novamente.

  • Evite raspar o prato

Muitos baseiam-se no fato de o prato estar limpo, para decidir que está na hora de parar de comer. Procure basear essa decisão no seu nível de saciedade.

  • As duas primeiras mordidas

Ao mastigar aquela sobremesa deliciosa, você pode nunca ter reparado, mas as primeiras duas mordidas são as mais saborosas. Durante essas mordidas, estamos recebendo um estímulo totalmente novo, e rapidamente os receptores deste estímulo ficam saturados. A partir da segunda mordida, você praticamente esquece de apreciar a textura, aroma e sabor do alimento, e daí então está apenas se alimentando pura e simplesmente. Se você está realmente com fome, isso é normal, para repor os nutrientes que seu organismo necessita. Mas se você vai comer algo que gosta, esteja alerta, pois o sabor não será melhor que aquele das duas primeiras mordidas. Passe a reparar nisso daqui em diante, e tome a decisão de continuar ou não comendo, de forma consciente.

  • Preste atenção a como se sente após comer.

Se você comeu demais, não se puna. Pelo contrário, esteja apenas alerta a respeito desse desconforto, e não repita isso da próxima vez.

  • A respirada da satisfação

Já reparou que quando você come, muitas vezes precisa dar uma pausa para respirar? Essa respirada na verdade é um sinal do seu organismo que você já comeu o suficiente. Passe a respeitar esse sinal e em pouco tempo, você aprenderá as quantidades certas de alimentos, para não desperdiçar.

  • Quando estiver acompanhada

A tendência é comer mais quando estamos acompanhados, mais ou menos 35% a mais do que comeríamos se estivéssemos sozinhos. Uma explicação para isso é que a comida permanece na mesa, ou seja, o estímulo visual persiste. Quando estiver comendo acompanhado, seja o último a começar e o primeiro a parar.

Após vivenciar toda a experiência de alimentar-se de forma consciente, você poderá ficar motivada a aplicar todos esses conceitos enriquecedores a outras experiências em sua vida. Viver “o momento” e estar mais consciente do que te cerca pode aumentar a sua apreciação e efetividade em qualquer coisa que você faça.

Veja Mais Sobre Como Emagrecer

Seja bem-vindo! Saiba quem somos.   Olá! Gostaríamos de te dar as boas vindas ao site. Esperamos que, aqui, você aprenda e encontre todas as informações de que precisa para cons...
Fast food: por que você está se matando aos poucos... Embora ainda seja uma febre em muitos países, já estão mais do que provados os malefícios do fast food.Entre outros motivos,uma razão é o seu alto...
Emagrecimento rápido: por que você está armando um... Um emagrecimento rápido é o que muitas dietas malucas prometem, e isso até pode acontecer.No entanto, elas não dizem quais são os verdadeiros peri...
Obesidade na adolescência: um texto obrigatório pa... Entre os problemas de saúde que acometem a população dessa nova geração está o risco com a obesidade na adolescência.Os maus hábitos, alimentação ...

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

Dê a sua opinião sobre emagrecimento e dietas.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Como os restaurantes fazem você comer e gastar mais - Comece a Emagrecer - […] coma mais rápido e passe menos tempo no local, o que otimiza o fluxo de clientes. E como já…
  2. Alimentação saudável em 13 passos. - Comece a Emagrecer - […] beber um gole de água após engolir cada porção, mastigar bastante, e estar consciente quando comer, evitando distrações como…

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *