Emagrecimento: seus amigos podem estar impedindo seu sucesso (e como você pode resolver isso).

Emagrecimento: seus amigos podem estar impedindo seu sucesso (e como você pode resolver isso).

2 de maio de 2017

“Diga-me com quem andas, e te direi quem és.”

 

A frase é clássica, e em vários aspectos de nossas vidas, tem um certo sentido. Os seres humanos gostam de viver em grupos, e tendem a procurar pessoas com interesses, hábitos e ideias parecidas.

 

banner método emagrecimento fácil

E também há a influência do grupo sobre o indivíduo, a chamada pressão social.

Muitas vezes você não tem vontade de fazer determinada coisa, mas seus amigos, de tanto que insistiram, acabam te convencendo a fazer.

Ou seja, você passa por cima de sua própria vontade.

Quem nunca foi a uma festinha, mesmo sem a intenção de comer ou beber, e acabou sucumbindo à “pressão” dos outros?

Eu mesmo me lembro de uma ocasião onde fomos celebrar o final de um curso, e que fui determinado a não tomar nem um choppinho.

Uma das pessoas começou com aquele discurso:”Ah, que é isso, só unzinho, deixa de bobeira, estamos comemorando, bla bla bla.”

O unzinho logo virou seis. É aquela história, porteira que passa um boi, passa uma boiada.

banner método emagrecimento fácil

OK, mas o que isso tem a ver com emagrecimento? Respondo: Muito.

Assista a versão em video:

 

Aproveite e inscreva-se no nosso canal do Youtube clicando na imagem abaixo

Algumas pesquisas mostraram que quem anda com amigos ou conhecidos acima do peso têm por volta de 57% de chances de ser ou de se tornar obeso.

Outro fato interessante são as famílias.

É muito comum a família inteira estar acima do peso, e não é só a genética que está envolvida aqui: por exemplo, não é raro observar que cachorros de famílias obesas tendem a serem obesos também, e é claríssimo que não se pode culpar a coitada da genética.

Provavelmente os (maus) hábitos alimentares dessa família possuem uma influência em todos os seus membros, e pior, provavelmente acabarão sendo transmitidos por gerações.

Um bom exemplo desses maus hábitos transmitidos é que chamo de “maldição da família italiana”.

O sujeito descendente de italianos é criado à base de massas, macarrões, pizzas, e assim cultiva seus hábitos alimentares e paladar.

Só que enquanto ele é jovem, o metabolismo dele consegue segurar a onda.

Mas com essa alimentação repleta em carboidratos ruins, um dia a conta chega.

À medida que ele envelhece, o metabolismo naturalmente se lentifica, e o gasto calórico é menor.

Mas o hábito está mais do que solidificado, e aí a pessoa começa um processo engordativo.

O corpo já não suporta manter aquela comilança toda, e o excesso vira gordura acumulada.

E com o hábito solidificado, a batalha para emagrecer será árdua, porque aquele hábito foi cultivado por longos anos a fio, e pode apostar que não vai embora de uma hora para outra, como qualquer pessoa gostaria que acontecesse.

E assim nasce a “Maldição da família italiana”.

Mas voltemos ao emagrecimento. Se seu objetivo realmente é perder peso, você terá duas opções:

  • Começar a influenciar seus amigos acima do peso.

Note que não falamos de livrar-se dos seus amigos, o que não faz sentido algum.

O que você pode fazer para agregar ao grupo é começar o movimento de emagrecimento.

Pode ser que você consiga mudar a cabeça deles e fazer com que apoiem e entrem no movimento, mas lembre-se que vai ser muita gente que você terá que convencer.

Uma forma de começar isso é propor que evitem programas que envolvam comilança, ou que o façam com bem menos freqüência.

E isso pode acabar culminando com o que chamo de “influência pelo exemplo”. Ao verem que você emagreceu, talvez eles se manquem e resolvam te seguir.

  • Blindar-se da influência deles

Será uma tarefa hercúlea, mas se você não quer mudar sua convivência com amigos acima do peso, esta deve ser a opção.

É provável que tentarão te fazer voltar aos seus hábitos anteriores, fazendo piadas quando vocês sairem e você evitar o chopp e as frituras e decidir por uma salada.

E você pode despertar inveja quando seu corpo começar a mudar para melhor. Você precisará de muita convicção no que quer.

Pode ser que algumas pessoas se afastem de você, mas vai por mim: se alguém se afasta de você porque você está tendo sucesso, o problema não é seu.

 

Mas antes de prosseguirmos... Que tal conhecer um método de emagrecimento totalmente sistematizado e fácil, onde você não precisa abandonar totalmente os alimentos que tanto gosta e acabar de vez com o tal do efeito sanfona, mudando sua vida e saúde para sempre?

Você está a um clique de uma verdadeira revolução na sua vida. Se você precisa perder 10, 20, 30kg ou mais, veio ao lugar certo. E se precisa perder só alguns quilinhos, é mais rápido ainda. Nada de medicações, dietas milagrosas, nada disso. Até porque nada disso é necessário.

E você também vai conhecer 7 alimentos que você provavelmente acha que são emagrecedores, mas que na verdade promovem justamente o efeito contrário.

Clique aqui para saber mais e bem vindo à sua nova vida.

Ou melhor, talvez seja sim, pois você não soube escolher o amigo. De qualquer forma, de pessoas negativas em volta, ninguém precisa.

Uma dica importante sobre grupo de amigos

É importante aprender com amigos saudáveis.

Aprenda com seus amigos mais saudáveis.

Ao mesmo tempo, uma ótima ideia é começar a cercar-se de pessoas que pensem igual a você, ou que já sejam magras, esportistas, etc.

Você receberá a influência delas, só que esta influência está de acordo com seus objetivos. Naturalmente você vai querer estar com elas por mais tempo.

Vai passar a adotar seus hábitos e isso vai ter uma consequência: Você vai emagrecer! Garantido.

Exatamente como na primeira frase desse texto, diga-me com quem andas, e te direi quem és.

Imagine que você tem dois amigos do peito.

Um deles é esportista, vive te chamando para praticar atividades físicas, e o outro adora sair para bares e restaurantes, bebendo e petiscando.

Acredito que fica claro aqui, se você convive mais com o 1o, terá mais chances de ficar em forma, enquanto sair direto com o 2o certamente vai fazer sua pança crescer, concorda?

Seja qual for a decisão que você tome, é importantíssimo ter na cabeça que as suas amizades, e com quem convive podem influenciar, e muito, no seu progresso e resultados.

A pressão e influência de hábitos e atitudes das pessoas com as quais nos cercamos inevitavelmente vão acabar influenciando nossas escolhas, sejam os locais onde frequentamos, as atividades que praticamos em grupo, até as porcarias que colocamos para dentro dos nossos corpos, em última análise.

O meio influencia, e muito, então se você puder conscientemente trabalhar para se colocar num meio onde tudo lhe ajude, melhor.

A propósito, se tiver alguma história sobre como foi influenciado por amigos ou parentes, seja no construtivo ou no destrutivo, compartilhe conosco aqui nos comentários! Aliás eu deixo uma história minha aqui, para começar:

No meu segundo ano de residência médica, comecei a trabalhar com um colega obeso.

À medida que trabalhávamos juntos, eu sem querer mergulhei em alguns hábitos dele, inclusive de almoçar em bons restaurantes quase todos os dias.

A conta veio no final daquele ano, e eu pude perceber pelas fotos. Foi exatamente o ano que disparei a engordar, e onde minha aventura contra a obesidade começou de fato!

E qual a sua história?

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

Uma pessoa comentou aqui

  1. Ja estive em uma dieta restrita,e pediram pizza e muitas coisas o cerebro nao aguentou a pressão, comi e passei muito mal entao amigos podem sim tirar seu foco principalmente quando estao vendo mudanças

Trackbacks/Pingbacks

  1. Por que você teima em estragar sua dieta numa viagem (e o guia definitivo para nunca mais sofrer com isso). - […] companhias: Aqueles com quem você anda, especialmente em viagens, acabarão influenciando a sua alimentação. Muita gente gosta de uma…

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *