Como dizer não para aquele amigo que insiste em te empurrar comida (e fazê-lo parar de sabotar você de uma vez por todas).

Como dizer não para aquele amigo que insiste em te empurrar comida (e fazê-lo parar de sabotar você de uma vez por todas).

28 de julho de 2015

Certamente você já passou por situações onde algum amigo, parente ou conhecido acaba insistindo muito para você comer “só um pedacinho” daquele bolo. Ou então aquele colega de trabalho que insiste que você acompanhe a todos naquela rodada de chopp que você quer evitar, porque sabe que um chopp vai acabar virando seis ou sete.

E os seus esforços para perder peso ficam seriamente ameaçados. Uma escapulida aqui, outra ali, e o somatório disso tudo é o ponteiro da sua balança estancado onde você não quer.

Você está lá, concentrado, com foco total e absoluto, e vem alguém lhe oferecendo um baita doce, e até pega mal, cria um clima ruim, se você não aceitar. Daí para você aceitar (e depois se arrepender), é um pulo.

banner método emagrecimento fácil

Mas o que fazer nesses casos? Como lidar com gente que quer te empurrar comida, e sempre comida ruim? Você não quer ofendê-los, mas sair da sua dieta pode colocar tudo a perder. De novo! Situação complicada.

Essa verdadeira conspiração para fazer você comer mal está em todos os lugares, seja em eventos familiares, celebrações com amigos, reuniões de trabalho. São difíceis de evitar e quase impossíveis para dizer não.

Mas então, novamente, o que fazer quando você visita amigos e parentes, e lá vem um “Come só um pedacinho deste bolo, eu fiz especialmente para você”?

E o segredo é dizer não, mas de uma forma mais diplomática. Vejamos como fazer:

Como dizer não a alguém oferecendo comida.

“Daqui a pouco, estou bem satisfeito agora.”

  • Direto ao ponto

Nem sempre é fácil, mas abrir o jogo com sua família e amigos sobre os seus objetivos é importante. Isto vai ajudá-los a entender que a sua recusa não é algo pessoal, mas é um comprometimento com o esforço para perder peso. Se gostarem de você de verdade, eles vão entender.

O grande problema é que as pessoas virão com algum argumento do tipo “ah, só um pouquinho não vai te fazer mal”, ou até o inacreditável “você compensa depois, só hoje”. Conquanto isso possa até ser verdade, isso também abre um precedente perigosíssimo.

Não sei se você já ouviu falar na “teoria das janelas quebradas”. Ela consiste no fato de que se algum edificio, por exemplo, tiver uma janela quebrada, e esta assim ficar, vândalos tenderão a quebrar outras, e a coisa escala. Da mesma forma se deixarmos acumular algum lixo, em pouco tempo as pessoas naturalmente estarão jogando lixo na rua. Ou então uma calçada vazia sem carros estacionados. Se um carro estacionar, pode apostar que em pouco tempo outros farão o mesmo. E o princípio é consertar ou impedir o “dano” antes que a permanência dele induza a continuação ou escalada do processo. Por exemplo, se a calçada estiver vazia constantemente, vai ser mais difícil alguém estacionar, com medo de estar quebrando alguma regra.

E podemos aplicar essa mesma teoria para a sua disciplina. Uma transgressão pequena em si não é o problema. O problema real começa quando você comete uma, e vendo que não teve muito problema, faz outra… E outra… E mais outra… Até que o somatório geral de fato se transforma num problema.

banner método emagrecimento fácil

Sem falar que cada transgressão acaba minando a sua disciplina. Daí para ter a auto-percepção de que você não tem força de vontade, e isso se tornar uma verdade, é um pulo.

Ser firme e direto com as pessoas que estão “tentando te tirar do seu rumo” pode soar desagradável, mas munido de bons argumentos, elas esquecerão essa “desfeita” rapidinho.

 

  • Ganhar tempo

Essa estratégia é válida para sobremesas. É difícil recusar sobremesas, e elas aparecem na mesa logo depois da refeição principal, num momento que seu estômago ainda não teve tempo para registrar se você está satisfeito ou não.

Aliás, o conceito de sobremesa é algo muito mais social do que de nutrição propriamente dita. Pense só: se você fez uma refeição adequada, com todos os nutrientes que precisava, enfim, uma refeição saciante, qual diabos é a necessidade de se entupir (e o termo é esse mesmo, porque se você comeu o que devia, a partir de agora está se alimentado à força) com sobremesas que invariavelmente são compostas por elementos sem muito valor nutritivo e pior, altamente sabotadores ao seu organismo? Basta pensar no açúcar e suas consequências para o seu cérebro e seu emagrecimento.

Neste caso, se você ganhar um tempo após a refeição, estará numa posição melhor para avaliar o quanto pode, e se pode, comer mais, e se por acaso optar pela sobremesa, você provavelmente comerá bem menos ao sentir sua saciedade. Apenas diga algo como: “Daqui a pouco, estou bem satisfeito agora”. E mude o rumo da conversa para outra coisa.

Depois desse intervalo, pode ser que o seu desejo pela sobremesa tenha ido embora, e será muito mais fácil dizer não mais tarde.

E será muito melhor para você se disser “não”, só deixando registrado aqui!

 

  • Controlando as porções

Se você realmente ceder à tentação, apenas coma uma quantidade menor do que comeria normalmente.

Mastigue pelo máximo de tempo que conseguir, saboreie ao máximo cada mordida, elogie o alimento e quem o cozinhou, mas lembre-se de dizer não para qualquer oferta tipo “quer mais um pedaço”. Você está em modo de controle de dano, ou seja, o dano já está feito, e não é por isso que você vai deixar que um arranhão leve se torne um buraco de bala de fuzil AK-47. Nada de pensamentos do tipo “ah, já estraguei tudo mesmo, então deixa eu aproveitar isso aqui”, porque esse “aproveitar” vai embora rapidinho e depois fica só a sensação de fracasso e outros sentimentos ruins contra si próprio.

Você precisa ser firme, mas não agressivo, quando está dizendo não a alguém que lhe tenta empurrar comida. Na verdade eles não estão intencionalmente querendo sabotar sua dieta, só que você também precisa demonstrar firmeza em suas convicções, independente disso.

Afinal de contas, é sua saúde que está em jogo, e você precisar fazer dela sua prioridade número um! Se você não tiver o controle absoluto, ficará sempre na situação de vítima das circunstâncias e nunca sairá do lugar. Só vai lhe restar a lamentação. É isso mesmo que você quer para si? Creio que não.

E você leitor, consegue escapar dessas situações? Tem alguma outra estratégia para escapar? Compartilhe conosco nos comentários abaixo.

Veja Mais Sobre Como Emagrecer

Para quem este site foi criado.   Como você pôde ver no post em que nos apresentamos, nós criamos este site com o desejo de ajudar outras pessoas a perderem peso, emagrecendo c...
Dietas para emagrecer: guia para encontrar a corre... Deixa eu adivinhar: deve ser a ducentésima vez que você está procurando algum texto sobre dietas para emagrecer, acertei?Foi a vez 150? Estamos qu...
Reeducação alimentar para emagrecer. Para perder peso e depois manter o corpo em dia, a melhor maneira de conseguir isso é a através da reeducação alimentar. A reeducação alimentar tem um...
3 hábitos fundamentais para um emagrecimento saudá... Emagrecer não é algo tão simples, não é apenas fechar a boca e parar de comer. Erradíssimo quem pensa que é só isso.Saber dosar o que come e em qu...

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *