Orlistat emagrece?

Orlistat emagrece?

23 de março de 2015

Para conseguir perder peso e manter a boa forma, uma nova substância vem sendo usada por muita gente e até mesmo celebridades. É o Orlistat, uma substância principal da composição dos medicamentos Xenical e LipiBlock. Mas será que o Orlistat emagrece mesmo?

Diferente do que acontece com outros medicamentos para a perda de peso, o Orlistat tem sua venda autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa. Isso porque esse medicamento não causa dependência química ou alterações no sistema nervoso. Mas se você está pensando em aproveitar o Orlistat para perder alguns quilos, é preciso antes saber algumas coisas importantes.

O Orlistat emagrece realmente?

Sim, o orlistat realmente ajuda a emagrecer. Isso porque ele funciona da seguinte forma: ele inibe a ação da lípase pancreática, uma enzima produzida no pâncreas que tem como função a quebra dos triglicerídeos (células de gordura) no intestino. Quando isso acontece, boa parte dessas células deixa de ser absorvida, sendo excretada através das fezes. Com menos gordura no corpo, certamente fica mais fácil emagrecer. Além disso, essa substância ainda promove outros benefícios, como a diminuição da taxa de LDL (colesterol ruim) no sangue, o que previne doenças cardiovasculares.

banner método emagrecimento fácil

Contudo, a melhor forma de emagrecer é praticando bastante atividade física acompanhada por uma boa reeducação alimentar, que pode ser receitada pelo seu nutricionista ou endocrinologista.

 Como o orlistat pode me ajudar?

Pesquisas já comprovaram que o orlistat faz com que até 30% da gordura deixe de ser absorvida pelo organismo. Sendo assim, pessoas chegaram a perder até 10% de seu peso em 1 ano, mas quando o uso do medicamento foi associado à atividades físicas regulares e dietas hipocalóricas. Entretanto, é preciso ficar atento, porque alguns efeitos colaterais podem surgir do uso da substância. Os efeitos são bastante desagradáveis, mas comuns especialmente nos primeiros três dias. Como o orlistat faz com que a gordura não absorvida seja excretada pelas fezes, os efeitos são: incontinência fecal, dores abdominais, flatulência e fezes moles.

Cuidados com o consumo do Orlistat.

orlistat emagrece mesmo?

Veja abaixo alguns dos cuidados que você precisa tomar.

 

O consumo dessa substância diminui a absorção também de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) e do beta-caroteno. Portanto, é importante que, enquanto você estiver tomando esse remédio, complemente sua alimentação com complexos vitamínicos antes de ingeri-lo. Apesar de ter a sua venda permitida pela ANVISA, é importante frisar que o orlistat não pode ser, em hipótese alguma, comprado sem receita médica e a sua comercialização é bastante restrita, pois é realizada com a expedição de 3 vias (paciente, farmácia e médico).

Essa substância só é recomendada em casos extremos, ou seja, para pessoas obesas com IMC (Índica de Massa Corporal) maior que 30 ou com sobrepeso (IMC acima de 25) com doenças associadas ao peso. Se você precisar perder peso  para passar por uma cirurgia bariátrica também poderá ingerir esse medicamento. Ele deve ser ingerido 2 vezes ao dia, sempre antes das refeições principais. Em sua bula, há a indicação de 3 doses diárias, mas como o café da manhã típico brasileiro tende a não possuir muita gordura, 2 são o suficiente.

Existe algum risco para o consumo?

O orlistat não é recomendado para gestantes, lactantes, crianças e idosos. Pessoas com deficiência de absorção vitamínica não devem tomar esse medicamento, pois pode torná-la ainda pior. E se você faz uso de anticoncepcionais, a recomendação é pelo uso de outros métodos anticonceptivos em caso de utilizar o orlistat, porque ele pode ter uma efeito de diminuição da absorção da pílula. Por isso, sempre informe o seu médico sobre os outros remédios que estiver ingerindo.

Ele também é contra indicado para pessoas com problemas renais e na vesícula biliar ou que sofram de arritmia cardíaca. A ingestão pode ainda causar problemas gastrointestinais, problemas renais, diarréia ou incontinência fecal, esteatorreia (tipo de diarreia gordurosa), dor abdominal, flatulência, redução dos níveis das vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) e cefaléia.

banner método emagrecimento fácil

Portanto, se você está pensando em aderir ao Orlistat, fique de olho nessas dicas para evitar complicações à sua saúde!

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

8 disseram o que pensam. Agora é sua vez.

  1. Posso tomar orlistat após ter feito a cirurgia bariátrica?
    Faço udo de vitaminas.
    Obrigada

    • Eu não vejo necessidade, Cristina. A própria bariátrica já é uma tremenda restrição alimentar e bastante eficaz para emagrecer, capaz de o orlistat causar algum grau de desnutrição.

  2. Como vou receber meu produto pois não pede Indereço na compra?

  3. Já venho tomando Orlistate à mais de um ano.Perdi 20 kilos.Suspenso há cerca de 20 dias pois À 12 dias estou me recuperando de uma cirurgia de Correção do Prolapso.Gostaria de saber se já posso voltar à tomar as doses diárias normalmente?

    • Essa é uma pergunta que só o seu médico pode responder, Inalda.

  4. Ah,eu era uma pessoa obesa.Há cerca de um ano acompanhada por uma endocrinologista, faço uso de Orlisate e uma reeducação alimentar.Perdi 20 kilos.Sou à favor de dietas e exercícios físicos.

  5. faço uso de varios graõs.. inclusive da chia.. e me disseram que o orlistate corta todas as vitaminas da chia.. verdade? e também o Omega 3…verdade?

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *