Home / Alimentação / Bebidas com açúcar: uma garantia que você nunca vai emagrecer.

Bebidas com açúcar: uma garantia que você nunca vai emagrecer.

“ Açúcar ” é um termo usado para descrever uma variedade de substâncias doces.

Existem os açúcares naturais, como os encontrados em frutas e laticínios.

E também os chamados “adicionados”, que não são encontrados nos alimentos, mas são incluídos na preparação ou processamento industrial destes.

banner método emagrecimento fácil

Nas últimas décadas, o consumo desses açúcares adicionados elevou-se muito, e de forma que, infelizmente, está contribuindo para problemas de saúde.

Aumento do risco de obesidade, pressão alta, doenças relacionadas a colesterol e triglicerídeos e doenças do coração são alguns exemplos associados.

E também esse consumo elevado pode causar resistência à insulina, levando ao diabetes.

Outros possíveis males associados são queda da imunidade, constipação intestinal, envelhecimento prematuro, e a lista continua, sem fim.

Assista a versão em vídeo:

 

Aproveite e inscreva-se no nosso canal do Youtube clicando na imagem abaixo

banner método emagrecimento fácil

Se procurarmos de onde vêm os açúcares adicionados que consumimos, as bebidas adoçadas (refrigerantes, sucos processados, etc). seguramente são as principais culpadas.

São responsáveis por 40% dos açúcares adicionados na dieta.

Não é surpresa: Uma lata comum de refrigerante contém nada mais, nada menos, que impressionantes NOVE colheres de chá de açúcar.

Outros alimentos doces, como bolos, biscoitos, chocolates, também contribuem para essa estatística, mas nem de longe se comparam às bebidas adoçadas.

Desta forma, é seguro afirmar que eliminando as bebidas adoçadas da sua dieta, você certamente vai diminuir muito o seu consumo diário de açúcar.

Ao menos os açúcares vindos de alimentos sólidos estão embutidos em alimentos que vão causar algum trabalho para serem digeridos e algum volume no trato digestório, e isso limita nossa capacidade de comer.

Já os açúcares em forma líquida, como o nome já diz, estão prontinhos, sendo que nada impede você de ingerir baldes e baldes destes, sempre existindo espaço para mais.

E aí fica fácil computar calorias e mais calorias, e aumentar nossas reservas de gordura.

Se no começo reduzir esse consumo parecer difícil, perceba que vai ficar mais fácil no decorrer de alguns dias.

Quanto mais açúcar ingerimos, mais aumenta o desejo por ele.

Quando se quebra esse ciclo, a reação do seu corpo é ir diminuindo esse desejo, e em algumas semanas, você sentirá pouquíssima vontade.

E os adoçantes artificiais?

Apesar de parecer uma alternativa boa, pois não têm calorias, a longo prazo há um perigo: Por conta do estímulo doce às papilas gustativas, o uso de adoçantes pode aumentar o desejo por açúcares e carboidratos, e com isso impactar negativamente o seu metabolismo.

Além disso, existe também o sistema de gratificação ou recompensa quando nos alimentamos, e os adoçantes estimulam o gosto por doces, mas devido à falta de calorias, não ativam esse sistema de gratificação, o que acaba levando o organismo a compensar, de forma tão sutil que você mal perceberá.

Inúmeros estudos não conseguiram estabelecer elo comprovável entre uso de adoçantes e perda de peso, e pior, alguns indicam até que essa compensação citada pode promover o oposto, ou seja, você ganhar peso.

Desta forma, também é melhor evitar essas substâncias, assim como alimentos que as contenham.

Algumas dicas para eliminar bebidas com açúcar da sua dieta.

Imagem de copos cheios de açúcar
Técnicas como substituição, redução gradativa e outras são ótimas para eliminar o consumo de bebidas com excesso de açúcar.
  • Anote toda e qualquer bebida adoçada que você ingere. Confira nos rótulos a quantidade de açúcar que você ingeriu e anote, para perfazer o total no final do dia. Inclua aqui bebidas como refrigerante, sucos, águas aromatizadas tipo H2OH, isotônicos, e mesmo as colheres de açúcar que você adiciona no café e chá. Anote também bebidas que contenham adoçantes artificiais. Faça essas anotações e tenha sempre os resultados totais do consumo diário, pois isso te servirá como guia em suas tentativas de reduzir o consumo.
  • Consumir açúcar disfarçado de bebida é uma forma fácil de ingerir uma tonelada desnecessária de calorias, sem se dar conta. Pior, essas bebidas têm valor nutricional zero, além de causarem picos de insulina no sangue. Picos de insulina, grosso modo, são como um recado para seu organismo suspender os “esforços de emagrecimento”, ou seja, ao provocá-los, você se sabota. Para reduzir esse consumo, você pode substituir o refrigerante por água com gás, com uma rodela de laranja ou limão. Alternativamente, misture 2/3 de um copo de água com gás com 1/3 de suco de fruta, mas vá diminuindo a quantidade deste último.
  • Outra forma de eliminar o refrigerante é ir reduzindo seu consumo aos poucos. Se você bebe três latas de refrigerante por dia, passe a beber duas no dia seguinte, e substitua a terceira por água com gás, ou mesmo água pura. No terceiro dia, diminua para uma lata. E assim sucessivamente até não beber mais.
  • Comece a diluir gradualmente bebidas como isotônicos e chás gelados industrializados, com água. Comece com uma medida de ¾ de bebida para ¼ de água, e vá aumentando a proporção de água, até eliminar a bebida.
  • Apesar de contar com vitaminas e minerais, sucos têm altíssimo teor de açúcar e baixo teor de fibras. Isso também inclui os sucos feitos direto da fruta. Em um copo de suco, você está basicamente pegando o açúcar de várias frutas e reduzindo as fibras. Dê preferência à comer a fruta em si, pois além de estar ingerindo menos açúcar, você ainda terá o benefício estabilizador da sua glicose sanguínea, através das fibras que vai ingerir. E ainda aumenta a sensação de saciedade.
  • Normalmente, as pessoas colocam açúcar ou adoçante em seus cafés e chás. Se você tem o hábito de adoçar seu café, tente trocar os adoçantes por um pouco de leite. O leite contém alguns açúcares naturais, além de proteínas, criando uma bebida nutricionalmente mais balanceada. Se você gosta de chás, procure os chás verde, branco ou de ervas, não adoçados. Ou adicione algumas gotas de stevia – uma erva naturalmente adoçada. Finalmente, a cafeína pode causar um desejo aumetado de ingerir algo doce, portanto, é interessante reduzir o seu consumo, ou optar por bebidas descafeínadas.
  • Se você decidir ser mais radical, e suspender o consumo de uma hora para outra, saiba que as tentações vão bater pesado, porém é importante também saber que isso dura pouco tempo. Provavelmente no 3o ou 4o dia sem seu refrigerante favorito, você vai desejá-lo como louco, mas lá por volta do 10o dia, você terá um controle muito maior e provavelmente não entenderá como era tão viciado neles. Lembrar desse detalhe pode fazer toda a diferença.
  • Não vai adiantar muita coisa se você cortar as bebidas adoçadas, mas consumir uma quantidade absurda de carboidratos ruins na sua alimentação. O estímulo ao gosto doce vai se manter e você vai sucumbir, portanto, mantenha o olho vivo!

Conforme já falamos anteriomente, beber bastante água é muito importante para sua saúde e ajuda a emagrecer. A desidratação pode fazer com que senta fome e deseje comer algo doce. Se você sentir desejo de beber algo adoçado, experimente tomar um grande copo de água antes e veja o que acontece.

19 comentários

  1. quero muito poder deixar de comsumir o açucar mas ta dificil preciso urgente de nao consumir mais.

  2. PARABÉNS pelo conteúdo! Mais do que um artigo, trata-se de um serviço de utilidade pública que desmascara essa indústria exploradora da boa fé e necessidades das pessoas. PARABÉNS! Por favor, continue. Posso listar uma gama enorme de “fórmulas miraculosas de fazer sonhos se tornarem realidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *