Home / Comportamento / Manual completo de como fazer seus filhos gostarem de comida saudável e impedir que se tornem obesos no futuro.

Manual completo de como fazer seus filhos gostarem de comida saudável e impedir que se tornem obesos no futuro.

Os pais e parentes têm um papel muito importante em criar seus filhos para que estes se alimentem de forma saudável.

Você pode não estar se dando conta do quão importante é para a futura relação de seus filhos com a comida, mas você é o modelo de conduta deles, seja para o bem ou para o mal.

Isso significa que você pode ter um impacto imenso na forma com que eles se enxergem, seus corpos e sua relação com os alimentos.

banner método emagrecimento fácil

Então, que tipo de impacto você está deixando para seus filhos?

É fácil encontrar pais que são bastante rigorosos com o que seus filhos comem, até a idade de 1 ano. E a partir daí, a coisa vai ladeira abaixo.

É um grande erro, entretanto, porque a criança vai aprender seus hábitos alimentares até a idade de 5 anos.

Desta forma, estes primeiros anos são cruciais, o que significa que você precisa fazer o que pode agora, antes que seja tarde demais.

E os pimpolhos já passaram desta idade, não se preocupe, porque você ainda pode fazer bastante coisa por eles.

Deixaremos então algumas dicas para que seus filhos tenham uma educação alimentar adequada.

Aprenda com o seu passado

Aprenda com o passado a respeito da sua alimentação.
Cuidado com os erros alimentares que você adquiriu no passado.

Existem inúmeras lições que podemos trazer de nossa infância, que podem ser úteis quando criamos nossos filhos.

banner método emagrecimento fácil

Voltando ao seu passado, o que seus pais comiam?

Como te alimentavam?

Eles eram controladores ou permissivos?

Você era forçada a limpar seu prato?

Eles te davam doces e sobremesas como recompensa por bom comportamento?

Se você era gordinho(a), isso era um sinal de “saúde”?

Essas perguntas são importantes, e não devem ser vistas como uma admissão de culpa pela sua relação com a comida, mas porque as respostas podem te dar ideias interessantes sobre o que a sua alimentação se tornou hoje em dia, seja boa ou ruim.

Então pergunte-se, se você está deixando seus filhos irem pelo mesmo caminho.

A melhor forma de superar dificuldades em relação à alimentação é entender de onde esses problemas surgiram, aprender como deixá-los de lado, e substituí-los por uma nova forma de enxergar a comida.

Não é fácil, mas, pelo futuro saudável de suas crianças, e das gerações seguintes, vale a pena o esforço.

Não transmita a sua “bagagem alimentar” para seus filhos

Empurrar comida.
Evite forçar seu filho a comer, se o mesmo não tiver com fome.

 Você, já na idade adulta, tem um certo grau de “bagagem alimentar”, que são os hábitos e preferências aos quais se acostumou ao longo de anos.

Mas quando o bebê nasce, ele não tem nada disso.

Ele não vê a comida como boa ou má, ele simplesmente come quando está com fome e pára quando está cheio.

Se você permitir, os bebês tem todas as ferramentas para fazer as melhores escolhas sobre o que e quando comer.

Podemos inclusive aprender com eles, de fato, porque eles são verdadeiros mestres em regular sua alimentação, sem pensar sequer nas calorias que estão comendo.

Aqui nos atemos especificamente aos sinais da fome e de quando parar. Certamente há muito a aprender com isso para nós adultos.

Preste sempre atenção aos sinais do bebê: Comer quando está com fome, parar quando está satisfeito, pois é exatamente isso que bebês e crianças pequenas fazem.

Apenas permita que eles façam isso, e continue nutrindo essa habilidade à medida que eles crescerem, o que criará um hábito muito benéfico futuramente.

Não seja uma maníaca controladora

Evite controlar demais seus filhos.
Controlar demais pode levar à rebeldia e a comer escondido.

É excelente servir comida saudável, mas esteja alerta para o fato que o jeito que você o faz pode ser impactante na futura relação do seu filho com a comida.

Se você constantemente obriga a criança a comer certos alimentos, elas podem sentir que estão sendo controladas, e isso pode levar à rebeldia e a comer escondido.

O que se deve fazer é buscar um equilíbrio entre ser autoritário e permissivo.

Em se tratando de evitar alimentos ruins, é totalmente compreensível que muitos mais queiram mantê-los em quantidade mínima, sem falar na tentação de sequer tê-los em casa.

Entretanto, suas crianças precisam “aprender a comer” esse tipo de alimento também.

Afinal, como é que elas vão entender o que significa “comer esses alimentos com moderação”, se não tiverem prática alguma nisso?

Permitir que seus filhos comam sobremesas e doces de vez em quando, vai ajudá-los a entender a regra básica de comer alimentos saudáveis na maior parte do tempo.

Frequentemente, quando crianças estão privadas desses alimentos, elas vão acabar gastando sua mesada em doces, escondidas dos pais, porque não foram ensinadas a apreciar esses alimentos com moderação.

Privação desses alimentos é uma forma muito eficiente de criar um gosto por eles!

Concluindo, é necessário ensinar seus filhos que alguns alimentos são muito gostosos de comer, mas que não são nutritivos, e é por isso que não os comemos sempre.

E finalmente, seja o exemplo disso para eles.

Em meu trabalho como coach de emagrecimento, eu vejo muita gente que está acima do peso relatar que teve uma alimentação bastante controlada pelos pais, e que graças a isso teve uma infância e adolescência com peso normal.

 

Mas antes de prosseguirmos... Que tal conhecer um método de emagrecimento totalmente sistematizado e fácil, onde você não precisa abandonar totalmente os alimentos que tanto gosta e acabar de vez com o tal do efeito sanfona, mudando sua vida e saúde para sempre?

Você está a um clique de uma verdadeira revolução na sua vida. Se você precisa perder 10, 20, 30kg ou mais, veio ao lugar certo. E se precisa perder só alguns quilinhos, é mais rápido ainda. Nada de medicações, dietas milagrosas, nada disso. Até porque nada disso é necessário.

E você também vai conhecer 7 alimentos que você provavelmente acha que são emagrecedores, mas que na verdade promovem justamente o efeito contrário.

Clique aqui para saber mais e bem vindo à sua nova vida.

Porém, ao saírem de casa e cairem no mundo, a liberdade recém adquirida levou toda essa gente a chutar o balde.

Em minha humilde opinião, isso mostra que a educação alimentar não deve ser apenas forçar a comer o que se deve, mas também esclarecer os malefícios de determinados alimentos.

Cuide de sua saúde

Cuide de sua saúde.
Cuidar da sua saúde é um investimento para o futuro.

É muito fácil ter desleixo consigo mesmo quando você tem crianças para cuidar.

Mas cuidar da sua própria saúde e nutrição é como investir no seu futuro.

Não somente você estará se sentindo o melhor possível, mas isso te dará energia para cuidar de sua própria família.

Além de servir de exemplo de conduta para as crianças, como falei no tópico anterior.

Cultive uma imagem corporal positiva

autoimagem-positiva
Passe para seus filhos a idéia de se ver de forma positiva.

Adolescentes com pesos normais, mas que se sentem gordinhos, quando ficam adultos na faixa dos 24-30 anos, tendem a ganhar mais peso do que aqueles que se sentiam normais na adolescência.

Isso mostra a importância de focar no que é uma imagem corporal saudável.

Também é importante salientar que vão existir diferenças naturais na forma corporal, e nem todos têm o mesmo tamanho e forma.

Muitos pais não estão satisfeitos com o próprio corpo, e é algo que não seria bom que fosse passado para as crianças.

Pode ser difícil, mas é muito importante que você sirva de exemplo, em matéria de satisfação com seu corpo.

 

Procure um padrão constante para dormir

crianca-dormir
Faça com que você e seus filhos tenham um bom hábito de sono.

Já mencionamos em artigo anterior, a importância de um bom sono no emagrecimento.

E um estudo descobriu que crianças em idade pré- escolar, que jantavam regularmente com sua família e dormiam o suficiente, tinham chance 40% menor de serem obesos.

Sejam ativos… Juntos

Famíia brincando junta.
Procure fazer exercícios e brincar com seus filhos.

Com toda a tecnologia e modernidade, existem milhares de formas de adultos e crianças serem sedentários, mas você pode diminuir drasticamente a chance de isso acontecer na sua casa.

Um estudo demonstrou que crianças que têm televisão em seus quartos, não só assistem mais, como são menos propensos a serem ativos como família, e mais propensos a comprar refrigerantes e lanches não saudáveis na escola.

Uma ideia é limitar a quantidade de televisão assistida (menos de duas horas por dia), e não permitir televisão nos quartos.

Também é importante encontrar coisas que vocês façam juntos, pois isso faz parte do processo de criar um hábito para a vida toda.

Crianças são naturalmente ativas, gostam disso, e é o que fazem de melhor.

Com o benefício adicional de te ajudar a perder peso, se você ainda precisar.

Concluindo, não subestime a influência que você tem como pai ou mãe.

Você é uma arma secreta para criar em seus filhos o hábito de ter boa saúde e alimentação.

Comece hoje mesmo, e lembre-se que nada funciona melhor que a prevenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *