Prisão de ventre na dieta cetogênica

Prisão de ventre na dieta cetogênica

29 de maio de 2018

Prisão de ventre na dieta cetogênica é um problema que afeta uma quantidade considerável de seus praticantes.

Ok, então você começou a dieta e as coisas estão indo muito bem.

Você perdeu peso e se sente ótimo, mas há uma coisa que está te deixando encucado … Prisão de ventre.

banner método emagrecimento fácil

Você vai menos ao banheiro fazer o número 2.

Isso é mais comum do que você pensa e, na verdade, é muito fácil de corrigir se você souber a causa.

O caminho para superar a constipação na dieta cetogênica geralmente é uma questão de mudar algumas pequenas coisas que você faz diariamente.

Além das táticas para superar a constipação na dieta, existem maneiras de estimular a evacuação quando você sentir que precisa de um pouco de alívio.

Como os movimentos intestinais regulares são muito importantes para a saúde geral, é importante acompanhar sua frequência e ajustar nossos hábitos alimentares de acordo.

Prisão de ventre na dieta cetogênica: Tenho mesmo?

prisão de ventre na dieta cetogênica

Daqui não saio, daqui ninguém me tira

 

Uma coisa que precisa ser entendida no contexto da dieta, é algo um tanto quanto abstrato, mas que faz sentido.

banner método emagrecimento fácil

Pense na sua dieta convencional.

A tendência é que você, ao longo da vida (e especialmente se andou acima do peso), tenha comido menos vegetais e alimentos nutritivos do que deveria.

E com isso, também ingeriu mais porcarias e outros lixos do que deveria.

É natural que nosso organismo, se ingerimos muito lixo, tenha mais material para eliminar.

Daí você faz a transição para um estilo alimentar que contém alimentos muito mais nutritivos.

Você absorve mais coisas e tem menos lixo para eliminar. Então é líquido e certo que a velocidade de eliminação, bem como a quantidade, diminua.

Então antes de podermos falar sobre como superar a constipação, é importante entender o que realmente se entende por ela.

Se você não está tendo 1 ou 2 evacuações diárias, considero isso como menos do que ideal.

É importante entender por que ter movimentos intestinais regulares é necessário para uma boa saúde.

Quando a comida digerida permanece no cólon por muito tempo, ela pode alimentar micróbios indesejados e criar um ambiente tóxico.

Como o lixo não digerido fica no cólon, ele pode criar subprodutos tóxicos que são reabsorvidos pelo corpo, causando inflamação, névoa cerebral e baixa energia.

Além disso, o estresse que essa situação causa no corpo pode impedir um estado ótimo de cetose.

Isto é porque tem o potencial de estimular as respostas do cortisol no corpo (pensou estresse, ele aparece) que estimulam a liberação de açúcar no sangue, tirando você de cetose.

A constipação na dieta cetogênica não é apenas desagradável, mas também é contraproducente para o que você está tentando alcançar.

Então torna-se imperativo que você encontre o que funciona para o seu corpo para superar a constipação.

 

Causas de prisão de ventre na dieta cetogênica

 

 

Quando alguém pergunta o que pode fazer para aliviar sua prisão de ventre na dieta cetogênica, isso realmente depende do que está causando isso.

Pode ser uma coisa ou pode ser uma série de coisas que precisam ser abordadas.

Além disso, existem coisas simples que você pode fazer para fornecer alívio sintomático, no entanto, se a causa subjacente não for abordada, ela continuará a ocorrer.

A seguir, listo as razões mais comuns pelas quais alguém pode estar sofrendo de constipação em uma dieta cetogênica.

 

1- Ingesta insuficiente de vegetais

2- Ingesta insuficiente de gordura

3- Desidratação

4- Mudanças no seu microbioma intestinal

5- Fazer refeições muito grandes

6- Muito stress

7- Ingesta de alimentos constipantes.

 

Mas antes de prosseguirmos... Que tal conhecer um método de emagrecimento totalmente sistematizado e fácil, onde você não precisa abandonar totalmente os alimentos que tanto gosta e acabar de vez com o tal do efeito sanfona, mudando sua vida e saúde para sempre?

Você está a um clique de uma verdadeira revolução na sua vida. Se você precisa perder 10, 20, 30kg ou mais, veio ao lugar certo. E se precisa perder só alguns quilinhos, é mais rápido ainda. Nada de medicações, dietas milagrosas, nada disso. Até porque nada disso é necessário.

E você também vai conhecer 7 alimentos que você provavelmente acha que são emagrecedores, mas que na verdade promovem justamente o efeito contrário.

Clique aqui para saber mais e bem vindo à sua nova vida.

 

 

E analisemos um a um agora

1- Ingesta insuficiente de vegetais

 

prisão de ventre na dieta cetogênica

A quantidade de vegetais ingerida por muita gente nos últimos meses!

Um equívoco comum e causa de constipação na dieta cetogênica é que a maior parte das calorias vem de carnes e gorduras animais.

Isso é bom para o marketing da dieta, até porque as pessoas tendem a pensar que no final das contas, ela é composta de coisas gostosas como ovos com bacon.

Mas na verdade a dieta cetogênica é no fundo, uma dieta vegetariana suplementada com carnes, ovos, bacon e afins.

Precisa ocorrer uma ênfase pesada em vegetais fibrosos e gorduras saudáveis ​​de fontes animais, mas também de abacates, produtos de coco e azeitonas.

O que tudo isso tem em comum é que elas são ótimas fontes de fibras e gorduras saudáveis.

Fibra ajuda a adicionar substância ao cólon, enquanto as gorduras saudáveis praticamente agem como um lubrificante no cólon.

Ambos juntos garantem movimentos intestinais saudáveis ​​e regulares.

A fibra dietética é importante para processos benéficos de fermentação que favorecem bactérias como Lactobacilli e Bifidobacteria.

Essas bactérias têm um efeito pró-motilidade no intestino, o que significa que elas promovem movimentos intestinais mais regulares.

 

Solução: Mais fibras prebióticas

 

Esta solução é bastante simples, basta aumentar a ingestão de vegetais fibrosos.

Isso garantirá que você tenha fibras para adicionar volume às suas fezes e alimentar as bactérias benéficas do intestino.

Essas ações combinadas ajudarão muito nos movimentos intestinais ideais e na saúde intestinal em geral. Alguns dos melhores alimentos para isso são: abacate, azeitonas, cebola, chicória, folhas verdes escuras, aspargos, vegetais crucíferos, pepino, nozes e sementes, aipo, alho, rabanete.

 

2- Ingesta insuficiente de gordura

 

Como já mencionado, não comer gorduras suficientes pode ser um fator que contribui para a constipação.

Embora tenha sido um pequeno tamanho da amostra, um estudo recente investigou uma dieta rica em gordura versus baixo teor de gordura e sua relação com os movimentos intestinais.

O que eles descobriram foi que aqueles em uma dieta rica em gordura tiveram tempos de trânsito intestinal significativamente mais rápidos.

Na verdade, esse é um erro muito comum que as pessoas cometem em uma dieta cetogênica em geral.

Não comer gorduras suficientes não apenas contribuirá para a constipação, mas também inibirá sua capacidade de queimar gordura.

Na minha experiência, simplesmente aumentando a ingestão de gordura na dieta pode fazer uma grande diferença nos movimentos intestinais e nos níveis de energia.

 

Solução: Aumentar a ingestão de gordura saudável

Aumentar sua ingestão de gordura é simples.

Isso não significa que você pode alcançar qualquer tipo de fonte de gordura, no entanto.

Idealmente, você deve escolher gorduras saudáveis, como óleo de coco, abacate, manteiga (de preferência vinda de vacas alimentadas com capim) e azeite.

A manteiga tem os benefícios adicionais de conter butirato e ácido linoléico conjugado (CLA).

Butirato é útil para nutrir as bactérias benéficas no intestino, ajudando também a apoiar um revestimento intestinal saudável.

O CLA é um nutriente de queima de gordura super que pode ajudar a apoiar um estado ideal de cetose.

Como outra ótima estratégia, pode ser extremamente útil adicionar o óleo MCT ao seu plano diário de nutrição.

MCT (Triglicerideos de cadeia média) são os componentes isolados do óleo de coco que são poderosos para ajudar o corpo a produzir cetonas de energia.

Eles também agem como um laxante natural para superar a constipação.

Comece com 1 colher de chá de cada vez e aumente sua ingestão para várias colheres de sopa diariamente durante um período de várias semanas.

O excesso de óleo de MCT pode causar diarréia em alguns indivíduos, então é preciso cautela e ir aumentando aos poucos.

 

3- Desidratação

 

Sabe-se há muito tempo que a falta de hidratação pode aumentar a prevalência de constipação.

Quando seu corpo converte para um metabolismo de queima de gordura, você retém menos água e minerais.

Isso significa que você pode ficar desidratado se não estiver tomando cuidado para se hidratar muito bem, contribuindo para a constipação.

Uma das maneiras pela qual a desidratação se manifesta é a baixa motilidade intestinal.

Realmente as três primeiras coisas que você deve pensar quando você tem constipação são fibras, gorduras e água (e minerais!).

 

Solução: Super Hidratação

 

prisão de ventre na dieta cetogênica

Esse é meu copinho de água da manhã.

Todos nós lutamos para consumir água suficiente ao longo do dia.

É por isso que adoro implementar a super hidratação ao acordar pela manhã.

Tenha como meta consumir entre meio a um litro de água na primeira hora após acordar para hidratar seu corpo, lavar os rins e estimular o movimento do intestino logo pela manhã.

Combinando esta prática com algo como a suplementação de magnésio ou uma xícara de café pode ser poderoso para melhore seus níveis de energia e supere a constipação.

4- Mudanças no seu microbioma intestinal

 

 

Quando você corta uma grande porção de carboidratos da sua dieta e os substitui por gorduras saudáveis, isso tende a alterar suas bactérias intestinais.

A composição das bactérias intestinais pode influenciar a frequência da sua eliminação.

Há algumas pesquisas interessantes mostrando que essa alteração no microbioma pode ser muito benéfica para certas doenças, incluindo autismo, esclerose múltipla e epilepsia infantil refratária.

Se a constipação está sendo causada por uma alteração em seus hábitos alimentares, então você provavelmente precisará usar magnésio suplementar e um probiótico de alta qualidade para ajudar nos movimentos intestinais e ajudar na mudança positiva acontecendo com as bactérias do intestino.

prisão de ventre na dieta cetogênica

A eterna batalha do bem contra o mal…

 

Solução: Alimentos Fermentados e Probióticos

Uma dieta cetogênica tende a ter um impacto benéfico no microbioma intestinal, inibindo o crescimento de bactérias e leveduras indesejadas, ao mesmo tempo em que sustenta bactérias saudáveis.

Nem todo mundo tem uma transição suave aqui, no entanto.

Consumindo alimentos fermentados e usar um probiótico de alta qualidade ajudará a garantir que seu trato digestivo floresça com os tipos certos de bactérias.

Alguns dos alimentos fermentados favoritos que são amigáveis ​​ incluem picles, chucrute, e kefir de água de coco.

 

5- Fazer refeições muito grandes

 

Uma prática comum com a dieta cetogênica é o jejum intermitente.

Eu absolutamente encorajo o jejum intermitente porque é uma ótima maneira de melhorar sua saúde de muitas maneiras diferentes.

Algo que pode estar causando constipação, no entanto, são longos períodos de jejum, seguidos por uma alimentação voraz que coloca uma enorme carga digestiva no corpo de uma só vez.

prisão de ventre na dieta cetogênica

Hora de quebrar o jejum!

Esse fluxo repentino de alimentos pode ser difícil de digerir, levando à constipação.

Neste caso, a melhor coisa a fazer seria comer pequenas refeições ou suplementar com substâncias de suporte digestivo, como vinagre de maçã.

 

Solução: Refeições Menores

 

Enquanto o jejum intermitente é definitivamente uma ótima estratégia para usar na dieta cetogênica, tente evitar consumir refeições maciças de uma só vez durante a sua janela comendo.

Em vez disso, distribua 2-3 refeições em um período de 6 a 10 horas, sendo que a maior delas é quando você está no estado mais relaxado.

Este é o horário do jantar para a maioria das pessoas.

Mais uma vez, usando estratégias de suporte digestivo, conforme descrito acima, podem ser muito úteis para usar em torno de sua maior refeição do dia.

Usar a nutrição líquida durante o dia também é uma ótima idéia, na forma de smoothies.

 

6- Muito stress

 

Estar sob uma grande quantidade de estresse físico e emocional não é propício para uma boa digestão.

Seu sistema nervoso tem dois ramos, o simpático e parassimpático.

O simpático é conhecido como o ramo estimulante que o prepara para enfrentar desafios imediatos (o ramo de luta ou fuga).

É ativado quando você está sob estresse e tentando realizar a tarefa em mãos.

O ramo parassimpático é o que controla o relaxamento e outras funções importantes, como a digestão (conhecida como ramo de repouso e digestão).

É ativado quando você não tem fatores estressantes imediatos e é capaz de relaxar.

Assim, Simpático = estimulação, corpo não focado na digestão, e Parassimpático = relaxamento e boa digestão.

Se você estiver sob estresse constante e nunca tiver a oportunidade de relaxar, é muito mais provável que você experimente a constipação na dieta cetogênica.

 

Solução: melhore o sono e equilibre o cortisol

 

Se você é um indivíduo altamente estressado lutando com a constipação, você definitivamente precisa empregar estratégias para reduzir o estresse, equilibrar os níveis de cortisol e otimizar seu sono.

Elas serão fundamentais para você superar a constipação e realmente prosperar na vida.

Tente tirar um tempo do seu dia, especialmente ao fazer a transição para novas tarefas e respirar.

Faça 6 respirações profundas e faça uma anotação mental de que você está agora se movendo para uma nova tarefa e está mentalmente preparado para lidar com essa tarefa.

Essa prática simples ajudará muito a controlar os níveis de estresse.

7- Ingesta de alimentos constipantes.

 

Muitas vezes, as pessoas experimentam constipação na dieta cetogênica simplesmente porque estão comendo muitos alimentos constipantes.

Estes incluem queijos, laticínios pasteurizados, nozes e sementes.

Comer muita fibra dietética também pode ser constipante.

Pela experiência, as pessoas normalmente não precisam reduzir a fibra alimentar, no entanto, se estiverem consumindo grandes quantidades de laticínios, nozes e sementes, pode ser uma boa idéia se afastar delas e se concentrar em uma boa hidratação e muitas gorduras.

 

Solução: Encontre seus alimentos problemáticos

 

Como já foi mencionado, coisas como laticínios, nozes e sementes podem ser constipantes para muitas pessoas.

Outra coisa a considerar é que cada pessoa tem suas próprias sensibilidades alimentares únicas que podem estar promovendo condições inflamatórias no trato digestivo.

Estas condições inflamatórias inibem a digestão e podem ser uma causa oculta da obstipação.

Pode ser uma boa medida consultar um profissional especializado em alergias e sensibilidades alimentares se você precisar de mais ajuda nesse sentido.

 

 

Mas e se eu precisar de um alívio mais imediato?

 

Embora as estratégias acima sejam eficazes e necessárias para garantir que você não tenha constipação na dieta cetogênica, às vezes pode ser útil usar estratégias para alívio imediato.

Há várias maneiras de estimular o movimento do intestino e superar a constipação rapidamente.

 

1- Café ou chá verde

como entrar em cetose mais rápido

Bora pro banheiro?

 

Nós todos conhecemos e amamos aquela xícara de café da manhã para ajudar a fazer as coisas se movimentarem pela manhã.

Se o café não for suficiente para estimular o movimento do intestino, tente combiná-lo com a técnica de super hidratação mencionada acima.

Esta é uma combinação matadora para superar a constipação e estabelecer uma rotina diária de movimentos intestinais matinais!

Se você não é um fã de café, pode tentar chá verde, que também pode ajudar a estimular a motilidade intestinal e levá-lo usando o banheiro, além de ser cheio de nutrientes poderosos para o seu corpo!

Além disso, adicionar manteiga e óleo de MCT ao seu café ou chá pode ajudar a fornecer algumas gorduras saudáveis ​​para mais alívio da constipação.

 

2- Magnésio

 

Quase todos são deficientes em magnésio.

Usado em centenas de processos no corpo, nunca é uma má ideia suplementar diariamente para completar seus estoques.

O único efeito colateral de consumir muito magnésio é fezes soltas.

Se você está lutando com a constipação, tente uma dosagem mais alta de magnésio.

Isso vai atrair a água para o cólon enquanto também relaxa a parede intestinal para apoiar a eliminação saudável.

Mais uma vez, o empilhamento dessas técnicas proporcionará benefícios extras.

Super hidratação logo pela manhã, consumindo um pouco de magnésio, e acompanhando-o com o seu café da manhã, deve ser um caminho para proporcionar alívio imediato e ajudar você a superar a constipação para sempre.

Descubra quais são os 7 alimentos que parecem saudáveis, mas que na realidade não são.

Sim, eu quero.

Publicidade

O que você pensa sobre emagrecimento e dietas? Escreva abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *